A primeira de Jesus


Pela segunda vez consecutiva o Benfica chegou, viu e venceu a final da Taça da Liga e se na edição anterior a final foi marcada pelo favorecimento do arbitro ao Benfica, já esta vitória não deixo margem para dúvidas, um Benfica a meio gás sem quatro dos habituais titulares vulgarizou por completo o clube prometeu a José Maria Pedroto o penta campeonato.

Ao contrário do que o Prof. Jesualdo disse, eu não creio que o jogo tenha sido equilibrado, ou talvez até tenha sido, o Benfica não carregou, jogou e controlou a seu belo prazer e foram só três, entendo Professor... Com o onze que Jesus apresentou, com o ritmo um pouco abaixo do normal e o Benfica a deixar jogar é perfeitamente natural que lhe possa ter causado essa impressão. Mas não, o Benfica entrou para vencer, jogou o suficiente e foi claramente superior tendo sempre o jogo controlado a seu belo prazer. O F.C.Porto confirmou o seu mau momento, a pálida imagem de um Porto temível que está adormecido.

Esta Taça é o troféu mal amado. Nunca reuniu consenso desde a sua criação, e o prestigio que deveríamos colocar numa competição nossa não o colocamos, e quando nos dois últimos anos o vencedor é o Benfica ainda menos valor têm, certo é que moram na Luz duas em três edições, e seja a Taça da cerveja ou da treta, antes tê-la que não a ter, e quando se vence aos maiores rivais dá-lhe o tal sabor que lhe falta, mas esse sabor só quem já lhe tomou o gosto é que sabe do que falo, quem não sabe continuará a menosprezar aquilo que é para todos os efeitos uma conquista. É também uma forma de disfarçarem a azia de terem sido vulgarizados. Fosse para o que fosse 3-0 do maior rival são sempre 3-0... Acho eu... Ou porque é a da cerveja dói menos?

Jorge Jesus apresentou o onze que achou que estaria em melhores condições, não se enganou e saiu vencedor, a equipa não criou o sufoco habitual mas entrou decidida a fazer aquilo que melhor sabe, vencer. Foi com alguma felicidade e com alguma injustiça até porque até então nada tinha feito para merecer, que chegou à vantagem com um frango do porta voz do F.C.Porto após remate de Rúben Amorim que se exibiu em grande plano rubricando uma excelente exibição.
Os homens de Jesus controlaram o jogo e sem jogarem muito chegaram ao segundo por intermédio de Carlos Martins após cobrança de um livre.
Ao intervalo Bruno Alves era o rosto do nervosismo que a equipa nortenha apresentava. Sou admirador das capacidades do central internacional Português, mas acho incrível como faz e diz o que quer atirando-se aos árbitros com agressividade e passando sempre impune, é vergonhoso até para o próprio clube as atitudes do defesa que ostenta a braçadeira de capitão do clube que não se importa de levar 3 porque é para a taça da cerveja.
Na segunda parte tudo mais fácil, bastava controlar e foi isso que o Benfica fez, o Porto nunca foi ameaça, e já no fim do tempo regulamentar Cardozo deu mais cor a vitória do Benfica fixando o resultado em 3-0.
O Benfica foi um justo vencedor, o Porto foi presa fácil para uma equipa a meio gás, 3-0 é um resultado que deixa um sorriso enorme mas talvez tenha sido castigo a mais para os homens de Jesualdo.
Jorge Jesus conquistou o primeiro troféu e emocionado dedicou ao Pai. O homem que não reunia o consenso ao início tem todo o mérito nesta conquista, nesta, e na fabulosa campanha que o Benfica tem feito esta temporada e hoje tem muitos fiéis a seu lado.

Os recentes acontecimentos do Blog em nada têm dignificado que aqui visita e participa com respeito. Nunca quis ofender ninguém, respondi a mil comentários em que me chamaram de sonhador, em que me ofenderam e em que desceram baixo, fi-lo depois da vitória no Velodróme, e convidei a comentar os mesmos que me ofenderam anteriormente. Cá se fazem, cá se pagam! O último post também mereceu muita contestação. A todos esses que se preocupam comigo ao criticarem a qualidade do meu texto, agradeço a preocupação e peço-vos que não se preocupem, não sou jornalista portanto não irei ser despedido. Nunca tive nota 20 a Português, mas sei que tenho nota 20 a educação, e a educação não se compra. Num espaço "amador" como este não esperem encontrar perfeição gramatical, quem aqui escreve faz por gosto e não é profissional, nem sempre há bons conteúdos mas nem aqui nem em lado nenhum. Peço-vos portanto que não transformem um blog em que bem ou mal, português correcto ou incorrecto se fala sobre futebol, num espaço de muito baixo nível.

14 Passes de rotura:

Bruno_Mega 22 de março de 2010 às 01:56  

Uma exibição qb numa vitória sem macula!
Importante ou não, é sempre melhor ganhar do que perder!
Como é o Benfica a taça da liga não vale nada...
Mas depois falam que apenas têm menos 1 troféu do que nós a nível geral... Quando só 20 são supertaças que é um troféu que existe há 25 anos...
Sinceramente a taça da liga pode ser um troféu menor, mas daí a ser inferior à supertaça já acho muito difícil...

Fundamental será o jogo com o Braga! Isso sim será um jogo importante!

P.S. O Marselha tão fraquinho e ainda hoje ganhou ao Lyon...

LMC 22 de março de 2010 às 02:43  

Número Dez,
Não sejas hipócrita.
Quem semeia ventos, colhe tempestades.Ou achas que os Portistas gostam que lhes digam que têm dor de corno?Agora aguenta-te...

Boa vitória do Benfica, o Porto muito fraquinho.Quando estava 1-0 ainda carregaram um pouco, mas depois nada fizeram...

Anónimo 22 de março de 2010 às 02:54  

LMC nao disse isso a pessoa em causa. Nao ataquei o universo portista ate porque a quem me dirigi nem tao pco sei se é portista ou scp.ataquei 2 pessoas em particular que me tinham atacado anteriormente.NUMERODEZ

À atenção de Queiroz 22 de março de 2010 às 03:00  

Esta final da Taça da Liga serviu para mostrar mais uma vez que o Quim merece ser convocado, e que:

Carlos Martins > Meireles

Fábio Coentrão >> Duda

Pedro Veloso 22 de março de 2010 às 10:57  

Champal (LMC) e Numero Dez percebo a referência aos recentes acontecimentos mas se não se importam agora a discussão passa a ser apenas interna e aqui fala-se do que interessa.

Quanto ao jogo, tirando as desculpas do Jesualdo sobre as lesões - como se o Benfica não tivesse deixado vários titulares de fora e jogado há 72 horas -, até percebo a referência do Jesualdo à confiança do SLB (que o Porto teve noutras alturas), de uma equipa em alta que sabe que está melhor e que está a ganhar. Nestas alturas parece que tudo corre bem, mas para aqui chegarmos foi preciso construir uma grande equipa, madura e que gere os momentos do jogo muito bem. A 2ª parte, por exemplo, deixa-me muito contente por revelar este estado do SLB, que sem precisar de jogar muito (e também porque estavam cansados) controla o jogo com um equilíbrio notável. Nem uma oportunidade conseguiu o Porto neste período.

Uma referência ao B. Alves. Não precisa do que se viu ontem, foi vergonhoso. Simpatizo com ele enquanto jogador e líder, no fim ficou-lhe muito bem o abraço ao Kardec e ao Aimar, mas durante o jogo não pode continuar a ter aquelas atitudes de cabeça perdida. Senão quando emigrar não vai ter o sucesso que eu sinceramente gostaria. Mas é como alguns dizem, faz o que o deixam fazer. Esperava mais coragem do Jorge Sousa: conseguir não expulsar o capitão do FCP ontem foi inacreditável.

Por fim, parabéns e obrigado a todas as pessoas do Clube, mas sobretudo aos jogadores e ao Jorge Jesus. Fui ao Algarve e deram-me uma grande alegria. Foi o final ideal para uma excelente caminhada nesta prova.

Manú 22 de março de 2010 às 12:35  

também desci o país ao encontro da vitória e vim de lá satisfeito.

fomos claramente superiores e também tivemos a sorte do jogo do nosso lado. é como dizes veloso, quando as coisas estão bem parece que corre tudo bem.

o que se passou ontem foi o que tive muita pena de ver alguns anos, uma grande diferença de qualidade entre as equipas, mas em sentido contrario.

grande jogo de coentrão e amorim. luisao secou o falcao e o david luiz qualquer dia joga a numero 10.
grande golo de carlos martins!

agora é aproveitar a onda e ganhar ao braga, mas não é um jogo decisivo qualquer que seja o resultado!

Anónimo 22 de março de 2010 às 15:36  

oh anonimo! dves ser um dos cabecudos q fez uma data de kms pa ver o teu clube corrupto a levar 3 batatas!!!
es um triste
mete gelo que isso passa!!

FMB

A caminho do Titulo!!!!!

Balakov10 22 de março de 2010 às 16:08  

Uma boa exibição do benfica. O JJ está se a tornar num treinador de topo...

http://aoutravisao.wordpress.com/

paulinho cascavel 22 de março de 2010 às 16:24  

olha, mais comentários apagados!

vocês andam com toupeiras no blog, de certeza.

Manú 22 de março de 2010 às 16:29  

paulinho cascavel estamos com problemas técnicos no site de escrever os posts, alguns comentarios perdem a validade ainda nao conseguimos perceber porque.

em breve estará resolvido o problema, mas comentarios que nao estejam dentro dos parametros serao apagados. ha que comentar com nivel e essencialemente sobre futebol.

Pedro Veloso 22 de março de 2010 às 16:41  

FMB se puderes não responder a esses insultos gratuitos agradecia, por mais irritantes e ridículos que sejam. Limitem-se a falar de futebol sff.

Luís 22 de março de 2010 às 21:50  

Títulos oficiais do Benfica, toda a verdade:

http://www.youtube.com/watch?v=9rwhyu4EFSI

Jorge Jesus 22 de março de 2010 às 23:01  

"— A estratégia do Benfica visava uma marcação especial ao Rúben Micael?
— Nunca pensei nisso. Montamos a estratégia em função do adversário mas em momento algum pensei fazer qualquer marcação ao Rúben Micael. O Porto tem outros jogadores mais importantes e com outra qualidade."

Anónimo 23 de março de 2010 às 13:51  

Então mudaste o post nº10????? Ninguem te entende!! Tiveste medo????