Estrelas do futuro

Mundial Sub-20

Com o campeonato do mundo de sub-20 já perto do fim, os blocos de notas dos muitos olheiros devem estar cheios, o meu bloco não foge à regra.

Destaque desde já para Dominic Adiyiah,o número 20 da selecção Ganesa,uma das grandes favoritas a par do Brasil, que já leva 6 golos na competição. Adiyiah joga nos noruegueses do Fredriskstad desde a época passada proveniente do Hearts of Lions do Gana. É o típico jogador enervante, muito rápido e oportuno, peca pela sua estatura. Tal tal como todos os jogadores africanos que deslumbraram em Mundiais de Sub-20 passados, nenhum futuro brilhante é lhe garantido (Kanu e Keita são exemplos disso). Na selecção do Gana também desponta Ransford Osei, um dos melhores marcadores do Campeonato do Mundo sub-17 do seu tempo e joga actualmente nos holandeses do Twente,emprestado pelo Maccabi Haifa, tal como Adiyiah,Osei é muito pequeno, o que faz com que coloquemos reservas em relação ao seu futuro.

No Brasil, o grande favorito surgem: Douglas,o típico lateral direito brasileiro, extremamente ofensivo,muito tecnicista e muito influente no ataque brasileiro (Sporting,porque dormes?), joga no Goiás,por enquanto e tem 19 anos, irá certamente dar o salto a seguir a este Mundial. Temos também o já mais conhecido Alan Kardec do Internacional, já com 20 anos. É o ponta de lança do Brasil mas duvido que venha a ser um craque do outro mundo, pois se fosse mesmo bom, não teria ido ao Mundial porque o Inter não teria deixado. Também se destacam Maicon de 19 anos, avançado mais móvel que Kardec,que joga no Fluminense. O grande craque, na minha opinião é Alex Teixeira (camisola 7). Alex joga no Vasco, tem apenas 19 anos e é o jogador mais solto do meio campo brasileiro, o fantasista desta equipa e a estrela da competição.

A Espanha, outra grande favorita à partida mas que entretanto foi eliminada nos 1/8 pela selecção italiana (pelo que vi tinha mais que equipa para trocidar a Itália, mas jogou com 10 desde o inicio da 2ª parte). Na selecção espanhola destacaram-se vários jogadores. Sérgio Asenjo que é só actual GR titular do At.Madrid (com apenas 20 anos), Fran Mérida, centrocampista canhoto do Arsenal.j Já li boas críticas sobre ele,mas se tem 20 anos e (não) joga no Arsenal onde até miúdos de 17 anos jogam alguma coisa se passará. Ander Herrera,titular do Zaragoza é para mim a estrela desta selecção. Joga com o número 8 mas é a número 10 que espalha magia, será um caso sério do futebol espanhol! Emilio Nsue da Real Sociedad, o ponta de lança. Nsue fez vários golos, mas a maioria deles ao Tahiti (assim também o Saleiro). Fontás do Barcelona, joga a meio campo, já jogou algumas vezes pela equipa principal do Barça, mas os seus 20 anos não me fazem prever grande futuro,se fosse mesmo bom já jogaria mais vezes e teria aparecido mais cedo. Dani Parejo do Getafe, médio ala desconcertante das escolas do Real Madrid, jogou metade da época passada no Q.P.R. emprestado até regressar à base em Janeiro a pedido de Juande Ramos. Originou um desentendimento entre Di Stéfano e a antiga direcção do Real Madrid. Di Stefano disse que jamais poria um pé no Estádio Di Stéfano (onde jogam as camadas jovens do Real Madrid) enquanto não apostassem no Parejo,que na altura tinha sido emprestado ao Q.P.R. .

O Uruguai foi outra das boas selecções, Urretavizcaya é o jogador mais conhecido e influente, mas também não lhe prevejo um grande futuro, pois nem opção é no SLB . Já tem 19 anos e nunca mostrou nada do outro mundo (apesar de eu lhe reconhecer algum jeito). Viudez que joga a nr10,está actualmente no Defensor Sporting e é o craque, já passou pelo Milan, mas os seus 20 anos deixam dúvidas sobre o seu futuro. Maurício Pereyra também me impressionou, é o nr15 e é tão certinho no passe como Xavi,Guardiola ou Deschamps. Tem 19 anos e joga no Nacional de Montevideu (mais uma vez: Acorda Sporting!!) é capaz de se fazer um jogador interessante.

Na Nigéria, Rabiu Ibrahim dá o seu toque de classe, muito do género do Okocha, quando toca na bola é magia pura. Com apenas 18 anos é um dos jogadores mais novos do torneio, pena também ser um "anão" e ter um remate fraco. Uchechi do Charlton também salta à vista , é o típico nigeriano irrequieto (do género do Tijani Babangida), mas também já tem 20 anos.

Da selecção campeã europeia de sub17, a Alemanha, poucos jogadores saltam à vista .Para mim o melhor jogador é Kopplin do Bayern, lateral esquerdo (Ou será médio?Não consegui perceber) muito ofensivo, acho que joga de pé direito (realmente é dificil perceber com que pé joga pois joga bem com os dois),mas também tem já 20 anos. Se fosse mesmo bom o Bayern não o teria deixado ir ao Mundial e já jogaria na primeira equipa, ou pelos menos teríamos ouvido falar dele.

Na squadra-azurra só o guarda redes da Sampdoria, Fiorillo,mostrou algum valor. De resto, nem sei como chegaram aos 1/4 de final.

Na Rep.Checa, destaque para o avançado Thomas Pekhart que joga no Slavia de Praga .

Ausências no Mundial sub-20

A Inglaterra foi fazer uma figura ridícula a este mundial, muito por culpa de ter deixado a sua maior estrela de fora: Jack Wilshere (será por certo um dos melhores jogadores do mundo em muito pouco tempo). Wilshere tem apenas 17 anos, já conta com 2 golos com a camisola principal do Arsenal (época passada). É médio ofensivo, canhoto e genial. Seria praticamente o jogador mais novo do Campeonato, mas Arséne Wenger não o deixou ir ao Egiptio para poder utilizá-lo nos jogos da Taça da Liga e em alguns jogos da Liga Inglesa. O Everton também não deixou Jack Rodwell ir ao Mundial. Rodwell, possante médio centro de apenas 18 anos e já uma peça importante no onze de David Moyes. O seu estilo de jogo é muito parecido com o de Lampard e Gerrard, é alto, remata de todo o lado e também é box-to-box. Outra grande ausência foi Theo Walcott. Walcott nunca esteve para ir ao mundial, mas tinha idade para ter ido,compreende-se o facto de não ter sido convocado visto que tanto é influente na equipa principal do Arsenal como na equipa da selecção inglesa. Gibbs(defesa do Arsenal) também não foi convocado por pressão de Wenger mais uma vez (Wenger pressiona mais que um Petit).

Em suma, a Inglaterra não levou os seus quatro melhores jogadores sub-20, mesmo sendo eles mais novos (à excepção do Walcott) que a maioria dos jogadores do campeonato.

No Brasil, as ausências foram o avançado Walter do Internacional e Breno do Bayern lesionados, Sandro (nº 10) porque o Internacional precisava dele . Pato por opção, provavelmente porque o AC Milan já não o liberta para compromissos de selecções jovens. Os irmãos gémeos Rafael e Fábio (ambos laterais e de 19 anos) do Man Utd também ficaram em casa, corre o rumor de que andam a pensar numa proposta que Carlos Queiroz lhes fez para representar a selecção portuguesa.

Nos EUA, de estranhar as ausências de Freddy Adu e Jozy Altidore. Não li nada sobre os clubes não os terem deixado ir ao Egipto. Provavelmente por fazer já parte da equipa sénior dos americanos, uma (nova) ida ao mundial de sub-20 seria pouco motivante.

Na selecção espanhola, a ausência-mor foi Bojan Krkic, ainda com 19 anos e já com 24 golos (!) com a camisola principal do Barcelona. Não foi ao campeonato por ser já importante na equipa catalã.
Iker Muniain também não foi convocado, provavelmente por ser novo de mais ou não tivesse ele apenas 16 anos. Ele que não fique triste pois tem o Mundial de Sub 17 aí à porta e será com certeza a estrela dessa competição.

Na selecção alemã a maior ausência é Thomas Muller, a nova vedeta do futebol alemão que já apontou 5 golos esta temporada, também por não ter obtido autorização do seu clube, o campeoníssimo Bayern de Munique.

Na selecção da Nigéria, o melhor marcador do campeonato do Mundo sub-17, Chrisantus do Hamburgo também falhou o certame por alegada lesão.

Na Squadra Azurra, as maiores ausências são: Davide Santon,lateral do Inter de 19 anos,que eu adoro. Mario Balotelli, o conflituoso avançado do Inter de 19 anos e Alberto Paloschi,ponta de lança de 19 anos do Parma, que já tinha encantado há 2 épocas no AC Milan então com 17 anos. Todos estas ausências devem-se porque o Inter e o Parma não autorizaram a sua ida ao torneio .O médio Luca Marrone da Juventus também ficou de fora por opção.

Houve outros jogadores sub-20 conhecidos que não foram ao mundial porque as suas selecções não se qualificaram. É o caso dos argentinos Ínsua (lateral esquerdo do Liverpool) e Laurito (avançado do Huracán), dos portugueses Adrien e Miguel Vítor, dos franceses N'Gog (ponta de lança do Liverpool) e Obertan (avançado móvel do Man Utd), do bósnio Pjanic (criativo do Lyon), do mexicano Carlos Vela (avançado solto do Arsenal), do galês Ramsey (centro-campista também do Arsenal),dos eslovenos Krhin (médio) e Vid (guarda redes) do Inter e do irrequieto e talentoso extremo montenegrino Jovetic (Fiorentina).

Conclusão: a maioria dos melhores jogadores do mundo sub-20 não viajaram até ao Egipto, ou porque não foram autorizados pelos respectivos clubes, ou por alegada lesão ou por não qualificação das suas selecções.

Campeonato Nacional de Juniores 08/09

Em Portugal, na época passada, no campeonato de Juniores destacaram-se como melhores goleadores: Nélson Oliveira em 3º (SLB), Wilson Eduardo (SCP) em 2º e em 1º lugar Angelo (Gondomar).
Diogo Rosado (SCP) foi considerado o melhor jogador do escalão a par de Josué do FCP. Rosado é um número 10 canhoto com 1,85m que desiquilibra muito e remate forte (está agora emprestado ao Real Massamá). Josué é um médio-centro ex-Candal e Padroense (agora joga no Sp.Covilhã por empréstimo). Outros destaques foram Jakubov (ponta de lança checo do FCP), Abdoulaye (central senegalês do FCP), Diogo Amado (médio-defensivo e ex-capitão,agora no Real) e André Martins (médio centro com características semelhantes a João Moutinho e que agora está cedido ao Real Massamá), Pedro Mendes (central do SCP e agora cedido ao Real Massamá), Danilo (médio-centro do Benfica ex Estoril e Arsenal 72, muito possante fisicamente). Márinho (lateral esquerdo do SLB que chegou a meio da época vindo do Valência após ter sido dispensado pelo Sporting), Cédric Soares (lateral direito do SCP), Ramon (médio centro espanhol do FCP espanhol), Nuno Reis (central do SCP, ainda nos juniores). Baldé (ponta de lança de 1,93 do SCP, ainda júnior esta época). Rabiu Ibrahim do SCP ,Diogo Viana (extremo do FCP) ,Renato Neto (médio centro brasileiro do SCP), Lassana Camará (médio centro do SLB,ainda júnior) ,Yartey (extremo ganês do SLB agora emprestado ao Beira-Mar),Roderick (SLB central de 1º ano), João Pereira e Abel Pereira (defesas de 2º ano do SLB) e Ruca (GR do FCP agora no Marítimo B). No Belenenses também brilharam alguns jogadores como Adolfo(GR), André Pires (lateral-esquerdo ex Sporting e Oeiras), Freddy (agora nos séniores do Belém), Tiago Almeida (ponta de lança ex Casa Pia), Zázá (senegalês ex Linda-a-Velha que joga a médio-defensivo e agora está emprestado ao E.Amadora),André Almeida (médio-centro) e Abel Camará (ponta de lança ex Oeiras,agora no E.Amadora por empréstimo). No Vit. Guimarães, destacaram-se: Cláudio (GR), Diogo Lamelas (extremo), Jussane (avançado) e Dinis (médio-ofensivo brasileiro)

Surgiram também alguns juvenis promissores a jogarem já pelos juniores. Rúben Pinto pelo Benfica, Zézinho e William Carvalho pelo SCP e Sérgio Oliveira e Dias pelo FCP .

Campeonato Nacional de Juniores 09/10

No actual campeonato de juniores, já com 7 jornadas realizadas Nélson Oliveira segue na liderança dos melhores marcadores com 10 golos, seguido de Henrique Gomes (SCP) com 7 golos (ele que nem titular é!), Yero do FCP com 6 golos e Rui Caetano do FCP com 5 golos. Rúben Pinto do SLB leva já 5 golos, dizem que é um belo n10 apesar de ser ainda júnior de 1º ano.

As estrelas do campeonato têm sido (dos 3 grandes) até agora:

SCP:

Alex Zahavi (extremo), Baldé (ponta de lança), Cédric (lateral direito), Nuno Reis (central), Zézinho (médio centro de 1º ano),o supreendente Henrique Gomes (avançado), Garza (lateral esquerdo norte-americano), William Carvalho (médio centro de 1º ano e muito possante) e Renato Neto (médio centro ,extremo e avançado também muito alto e já com 1 jogo na 1ª Liga)

SLB:

Rúben Pinto (nr10 de 1º ano), Lassana Camará (nr 8 ou 10), Nélson Oliveira (avançado móvel), Adul (extremo), Roderick Miranda (central), Marinho (lateral esquerdo),Francisco Júnior (avançado de 1º ano) ,Danilo Pereira (nr 6 ou 8) e Bakar (central georgiano de 1º ano)

FCP:

Sérgio Oliveira (nr8 de 1º ano), Ricardo Dias (médio defensivo de 1º ano), Bosingwa (lateral direito), Rui Caetano e Yero (pontas de lança), João Amorim (nr8) e Abdoulaye (central que já leva 3 golos).

20 Passes de rotura:

Pedro Veloso 12 de outubro de 2009 às 11:15  

Excelente post Tomás. Só não percebi uma coisa, os clubes podem mesmo proibir a ida dos seus jogadores ao Mundial Sub-20? Pensei que não. Não acompanhei nada do Mundial, excepto uns resumos do Brasil e um bocado do Brasil-Alemanha. Gostei muito de ver os golos do escrete contra o Uruguai; de facto os brasileiros, quando abrem o livro, seja em que escalão for, é sempre uma classe extra. E gostei muito do Alan Kardec, de que já tinha ouvido falar. Ele é do Internacional, mas está emprestado pelo Vasco.

Quanto aos juniores do Campeonato Nacional destacava o Ruben Pinto, porque gostei muito do particular que fez pelos seniores contra o Celtic (até marcou), e o Yero, que cada vez que o Jesualdo chama aos seniores do FCP para treinar parece que tem estado em grande, só golos!

Tomás Pipa 12 de outubro de 2009 às 14:51  

Veloso, infelizmente sim.

Se reparares os melhores jogadores do mundo sub20 ficaram todos de fora: Walcott,Wilshere,Bojan,Balotelli,Santon,Paloschi,Breno,Pato,Muller e Rodwell. (assim de mais conhecidos)

De jogadores titulares em equipa boas, no mundial só mesmo o Asenjo e o Ander Herrera da Espanha.
Um mundial com essas estrelas todas seria muito mais interessante..pelo menos a Itália e Inglaterra já teriam uma super-equipa só com esses 3 reforços,e o Brasil....lol

Anónimo 12 de outubro de 2009 às 22:53  

atenção a Yero, média de 36 minutos para marcar um golo

Tomás Pipa 13 de outubro de 2009 às 00:27  

Anónimo, estou atento a Yero, bem sei que tem sido suplente e jogado pouco e mesmo assim facturado,ainda não tive oportunidade de o ver ao vivo. Assim que vieram cá a Lisboa vou vê-lo.

Mas ser goleador nos juniores infelizmente não garante nada, vejamos os últimos melhores marcadores de júniores:

Diogo Tavares (Sporting)
Tomané (Sporting)
Yu Dabao (Benfica)
Luis Paez (Sporting)
Miguel Angelo (Gondomar)

nenhum destes chegou a marcar 1 golo na 1ª liga portuguesa..

Anónimo 15 de outubro de 2009 às 23:45  

Tenho que discordar com o que dizes sobre o brasil em relaçao ao Breno, Pato, Rafael e Fábio. Eles nao foram convocados porque pura e simplesmente o treinador apenas chamou jogadores que participam no campeonato brasileiro. Uma pesquisa não fazia mal a ninguem.

Tomás Pipa 16 de outubro de 2009 às 13:33  

Caro anónimo, pesquisar é que não lhe fazia mal. Olhar para o plantel do Brasil e dizer que todos jogam no Brasil também eu sei ver. Mas isso não tem nada a ver com o facto dos outros jogadores sub-20 não terem sido chamados
Rafael e Fábio deixaram de representar a selecção brasileira para não se comprometerem mais. Dunga quis saber da disponibilidade de Breno,mas estava lesionado (World Soccer Magazine)
Pato porque já é um jogador consagrado e o Milan não alinha nisto.
Está aqui a pesquisa.

Tomás Pipa 16 de outubro de 2009 às 13:48  

Obviamente que não era o Dunga que queria dizer, era Rogério.

Ricardo Galeiras 16 de outubro de 2009 às 15:17  

O Angelo nao marcou nenhum golo na Liga pk o Gondomar estava na Liga Vitalis e este ano na II divisão.
Mas já facturou, esta epoca pelos seniores e logo no 1º jogo contra o Ribeirão.

Vejam o artigo de hoje no jornal OJOGO.

"Joga pelo Gondomar o melhor marcador do Nacional de sub-19. E como joga com o 31 nas costas, a Ângelo Oliveira chamam o "Liedson" de Gondomar. Mas ele gosta mesmo é de Ibrahimovic.

Os dotes de goleador levaram Ângelo a passar das Escolas do Gondomar para os Infantis do FC Porto. Mas, após três anos no Dragão voltou à base. E não tardou a ter impacto: ainda como juvenil, participou na subida dos sub-19 à I Divisão e no primeiro ano de junior foi o rei dos goleadores, com 26 golos.

Embora seja um finalizador nato, Ângelo não se limita ao último toque: costuma cair nos flancos como o Liedson real. Dono de uma finta curta e rápida, apresenta um vasto painel de soluções. Chuta com espontaneidade com os dois pés, é eficaz dentro da área e exibe uma boa elevação. O apetite pelo golo (esta época já leva oito apontados) abriu-lhe recentemente as portas da selecção: foi convocado por Ilídio Vale para o estágio dos sub-19.
"

Tomás Pipa 16 de outubro de 2009 às 15:27  

Obrigado pelo(bom)comentário Ricardo Galeiras, muito oportuno e tiraste-me dúvidas que tinha. Como sendo do Sul, não conheço tanto a Zona Norte dos sub-19.

De facto sabia que o melhor marcador tinha sido do Gondomar, não tinha era a certeza se era o Miguel Angelo, pelos vistos é só Angelo.

Então ele actualmente é júnior de 2º ano pelo que percebi certo? E joga sempre pelos séniores do Gondomar? Ou de vez em quando joga pelos Juniores?

Ricardo Galeiras 16 de outubro de 2009 às 15:55  

Boas,
Não me custa nada colaborar, até porque estou de momento muito por dentro da zona norte da 1ª divisão do campeonato nacional de juniores.

O Angelo com idade de Juvenil de 2º ano ajudou a equipa de juniores a subir da 2ª nacional para a 1ª divisão, se não me engano contribuiu com alguns golos decisivos na fase final.

O ano passado como junior de 1º ano foi o melhor marcador da 1ª divisão, se bem que muitos golos foram de penalty (mas ele assume e marca).

O ano passado era chamado muitas vezes para a liga intercalar e para a taça da liga.

Esta epoca com a indefinição da equipa sénior o primeiro jogo foi feito por muitos juniores e no qual o Angelo participou depois de no sabado anterior ter jogado pelos juniores. Entrou contra o Ribeirão e marcou um golo de classe ao romper pelo meio dos dois centrais e a fazer um chapeu ao GR.

Jogou também na taça de Portugal. Nao sei de mais nada porque entretanto deixei de poder acompanhar.
Dentro em breve vou defronta-lo e espero que não marque. :-)

Abraço

Joao Rodrigues 16 de outubro de 2009 às 16:03  

O Tiago Almeida do Belenenses é que jogou no Casa Pia, o Freddy andou na Casa Pia, mas desde de os 11 anos que joga no Belem e nunca passou pelo Casa Pia. E o guarda-redes do Belem que se destacou chama-se Adolfo e nao Claudio

Tomás Pipa 16 de outubro de 2009 às 16:54  

O Freddy tb n passou pelo Casa Pia? Tenho quase a certeza que sim. O Tiago também sabia.Joguei contra o Freddy algumas vezes e ele era diabólico. Adolfo tens razão, troquei com Cláudio do Vit. Guimarães que vem em repetido. Nos iniciados o guarda redes desta equipa também era um Cláudio por acaso

Ricardo, jogas onde?

Ricardo Galeiras 16 de outubro de 2009 às 16:56  

Quem me dera poder jogar :-)
Já não tenho idade para ser junior.

Abraço

Tomás Pipa 16 de outubro de 2009 às 17:01  

Pois é como eu.
Então como é que ele vai jogar contra ti?

Ricardo Galeiras 16 de outubro de 2009 às 17:04  

Faço parte da equipa técnica de um clube que disputa a zona norte do nacional de juvenis.

Tomás Pipa 16 de outubro de 2009 às 17:05  

Qual é o clube?

Ricardo Galeiras 16 de outubro de 2009 às 17:09  

Sport Comércio e Salgueiros

Tomás Pipa 16 de outubro de 2009 às 17:11  

O histórico Salgueiros (agora 08)! Boa sorte então para o campeonato!

Ricardo Galeiras 16 de outubro de 2009 às 17:14  

Muito obrigado, não vai ser fácil, comecei apenas á 2 semanas.

Só um pormenor: As camadas jovens continuam como Sport Comércio e Salgueiros, o Salgueiros 08 é só os seniores.

Abraço

João 16 de outubro de 2009 às 20:46  

Reforço os votos do Tomás! O salgueiros merece melhor pela sua história!