Acerto de contas


Este entusiasmo que eu tento entender, juro que tento, é dificil de controlar e temos que saber viver com eles.
Tudo o que eles vencem é uma coisa fora de série e que merece sempre honras de Estado, só um clube como o Benfica poderia vencer este Super Marselha que segue em sexto na Liga Francesa. Aliás só uma super equipa, com um super treinador, poderia eliminar o Hertha de Berlim, que é só o último classificado da Liga Alemã. Mas estes dois grandes confrontos só aconteceram porque o Benfica havia eliminado o Bate Borisov, essa equipa que ganha todos os troféus da Bielorússia, e eliminou também o grande Everton, que segue em oitavo na Premier League, a apenas 24 pontos do primeiro classificado, claro que o facto do Manchester ter mais um jogo ajuda e muito a esta grande distância pontual. Agora vem o Liverpool, que segue em quinto, a 16 pontos do Arsenal e a 18 do líder, mas brevemente virão aqui adeptos e entendidos do futebol dizer que o Liverpool é uma equipa bem superior ao Arsenal. Esperem para ver.
Mas para os benfiquistas este está a ser um ano louco, de conquistas nunca antes vistas, isto quando ainda não ganharam rigorosamente nada!! Ninguém consegue entender, vivem num mundo de fantasias baseado em histórias de um passado que já é bem antigo, mas é deixá-los, a fome de títulos é tanta que eliminatórias já valem como troféus e para um colega meu do Settore serviu até para insultar quem aqui vem. Mas cada um faz o que sabe e quando quem nos rodeia não sabe estar, nós ou ignoramos ou agimos da mesma forma.
Sei que estou a ser agressivo e até nem devia, mas quem frequenta o espaço merece esta minha agressividade. Estou aqui para defender o meu clube e todos os portistas e sabem que já cansa ouvir tanta babuseira e tanta parvoíce. É uma insanidade sem explicação.
Há uns dias ouvia um proprietário de um café dizer que dá-se logo conta quando joga o Benfica, a má educação reina dentro do estabelecimento e confidenciou que sempre que o Benfica marca um golo eles aproveitam para insultar os adeptos dos outros clubes e clientes habituais confirmavam. É por isso que não me misturo com esta gente, em casa é que se está bem.
Intitulam-se como o maior clube português e eu não entendo porquê, aliás acho que só eles entendem. Maiores em quê? Só se for em adeptos, mas isso não garante grandeza a ninguém. O que dá grandeza aos clubes são os títulos, nada mais e neste momento o Benfica tem 65 troféus, juntando provas nacionais e internacionais, e o FC Porto tem 64. Meus Deus, que diferença!! É uma coisa fascinante, como é possível que um só título torne um clube tão maior que o outro? Alguém me explica? Já agora, esse título é aquele que o Lucilio Baptista ofereceu ao Benfica no ano passado no Algarve, lembram-se?! E este ano, mesmo ganhando o Benfica fica com mais dois títulos que o FC Porto, sendo que os troféus que lhe dão vantagem são duas taças que nem têm adjectivação e caso o FC Porto ganhe os clubes ficam igualados a nível de troféus. E acham-se maiores que o FC Porto?! Por amor de Deus! E atenção, estas contas vêm de sempre para os encarnados, mas os azuis só puderam começar a vencer depois de 1974, por isso vejam quem será o melhor clube português. Sem esquecer que o penta não existe na Luz, a Taça Intercontinental não existe, nem nunca existirá na Luz e a SuperTaça Europeia só vencida por um clube português: FC Porto. Esclarecidos?
Vamos mudar de assunto, porque é chover no molhado estar aqui a explicar aos benfiquistas que eles já foram os melhores, já foram, agora são um clube normal, perfeitamente normal, só têm muita gente, mas quantidade nunca significou qualidade.
Varela lesionou-se. É bem verdade que um azar nunca vem só e este foi um duro golpe para o jovem extremo dos dragões. Com esta lesão perde-se uma peça importantissima no jogo do FC Porto e uma grande promessa para o Mundial da África do Sul, mas a vida é mesmo assim.
Assim, o FC Porto vai defrontar o Benfica hoje com um extremo disponível: Cristian Rodriguez. Hulk está castigado, Mariano Gonzalez e Varela não jogam mais esta época devido a lesões.
O FC Porto está mais fragilizado do que nunca e acho que o Benfica deve aproveitar a oportunidade, porque para além de ter toda a obrigação de vencer, por todos os motivos e mais alguns, tão cedo não voltará a encontrar um Dragão tão fácil de domar. Confiem no que vos digo.
Falemos agora de violência, que infelizmente faz parte do futebol.
A 2 de Novembro de 1833 travou-se, em Alcácer do Sal, a batalha da Guerra Civil Portuguesa, onde os Miguelistas quiseram vingar os seus companheiros de armadas fuzilados pelos Liberais e hoje em Alcácer do Sal adeptos do FC Porto fizeram de Miguelistas e segundo dizem as noticias, apedrejaram carros de adeptos do Benfica. Não sei do que se admiram. Do que estavam à espera?! De um encontro convivio? Gostaram de apedrejar o carro do Presidente Pinto da Costa e o autocarro do FC Porto aquando do jogo Estoril-FC Porto a contar para a Carlsberg Cup agora é normal que haja adeptos que queiram a vingança. Sabemos que isso não deve acontecer, mas também sabemos que isso acontece.
Quanto ao jogo, mau é para o Benfica se não ganhar a um FC Porto em cinzas, mas se por acaso o FC Porto ganhasse adorava que o staff azul e branco deixasse a Taça num caixote de lixo qualquer. Afinal o que vale esta Taça? Igualar o Benfica em títulos?! Há muito que somos superiores, só não vê quem não quer e esses continuariam sem ver mesmo que trouxéssemos a tacita para a Invicta.
Cumprimentos azuis e brancos.

28 Passes de rotura:

Tomás Pipa 21 de março de 2010 às 22:47  

Cris, tens razão, não se compara o Liverpool com o Arsenal, mas também ninguém comparou.

Eu até acredito, estando o Liverpool como está, que o SLB os vai banalizar e daqui a uns anos vão dizer que golearam o Super Liverpool, tal como os adeptos do Arsenal vão dizer que aviaram o FCP com 2 goleadas em anos seguidos.

Quanto ao Marselha, foi um jogo dificil é certo, o ambiente lá é mt dificil, mas a verdade é que ganharam e ganharam bem. Não acho o Marselha nenhuma super-equipa, nem Hertha,nem At.Madrid,nem Everton,nem nenhuma que se cruzou com as equipas portuguesas na EuroLiga este ano.

Mas também vos digo, a dificuldade da EuroLIga é mesmo essa: não perder com equipas mais fracas. Porque é que o Milan,Juventus,Bayern e Barcelona não a ganharam quando participaram nela? Perderam sempre com equipas que não estavam à espera. Ao minimo deslize...casa!

Bruno_Mega 21 de março de 2010 às 23:27  

Tudo é possível como aqui já disse, mas:

Pepe Reina (Int. Espanhol)
Glen Jhonson (In. Inglês)
Carrager (In. Inglês)
Daniel Aggeer (Int. Dinamarques)
Insua (Int. Argentino)
Kuyt (Int. Holandês)
Aquilani (Int. Italiano)
Mascherano (Int. Argentino)
Maxi Rodrigues (Int. Argentino)
Steven Gerrard (In. Inglês)
Fernando Torres (Int. Espanhol)

Acho que está tudo dito quanto à dificuldade da próxima eliminatória...

Tomás Pipa 21 de março de 2010 às 23:38  

Bruno, tudo é possível de facto, até porque o Liverpool conta com jogadores de qualidade.

Há o exemplo do Sporting, que não está nem de perto nem de longe no momento do Benfica, mas que tinha aspirações legítimas de eliminar o At.Madrid. Não foi por não ter sido superior que que não eliminou o Atlético, foi por eles terem 2 a 3 jogadores que fazem realmente a diferença: Aguëro,Forlán e De Gea.

O mesmo pode acontecer com o SLB, Kuyt,Benayoun,Torres,Babel,Gerrard podem decidir o jogo sózinhos, mas isso acontece mais quando defrontam equipas fragilizadas como por exemplo como aconteceu com o Sporting,FC Porto,Real Madrid etc..

Acho que o Benfica vai vencer a eliminatória e que depois terá um jogo mais com um adversário mais dificil,o Valência,mas que também está acessível ao Benfica. Cheira-me e na final apanhará um Hamburgo que jogará motivado em casa num jogo 50/50

JFC 22 de março de 2010 às 05:10  

Cristiano,

Gostaria muito de te felicitar pela imparcialidade e clareza de espirito com que normalmente expões as tuas ideias e já agora, se me permites, te lembrar que este "super-marselha" não só não continuou na champions porque apanhou um grupo a sério e que nas suas fileiras conta com aquele que nos últimos 5 anos foi o teu melhor jogador.

p.s. Este plantel do Porto é só craques.

Pedro Veloso 22 de março de 2010 às 10:16  

Mac tocaste em todos os pontos

(Cris, mais uma vez não conseguiste controlar a emoção, falaste antes do tempo - era só esperar umas horinhas...- e fizeste uma análise completamente parcial e desajustada à grandeza dos dois clubes, como o Mac bem desmontou. Muito te deve ter custado ver 3/4 do estádio vermelho ontem...Já para não falar do parágrafo sobre Alcácer, que eu não estava à espera sinceramente. Fica-te mal. Isto não pode ser olho por olho, dente por dente.)

Mac só uma correcção em abono da verdade:

"Não conquistou nenhuma Taça Intercontinental nem nenhuma Supertaça Europeia, os tempos eram outros estas competições secundárias(sim porque é isso que elas são) não existiam."

Isto é verdade em relação à supertaça europeia, mas a taça Intercontinental já existia e perdemo-la duas vezes, em 61 e 62: a primeira frente ao Peñarol e a 2ª frente ao mítico Santos do Pelé, que aliás veio cá à Luz espetar 5-2numa das mãos.

Bernardo S. 22 de março de 2010 às 11:31  

Só não percebo com a antiga taça Uefa, a nova euroliga, é tão fácil e o porto na sua história só tem uma.

Anónimo 22 de março de 2010 às 12:57  

A qualidade do futebol benfiquista é inversamente proporcional ao nível e educação dos seus adeptos.

Carlsmartins 22 de março de 2010 às 13:08  

Esse cristiano coloca qualidade na sua participação e isso é ponto assente, mas só teve o que mereceu. Os seus tiques de vedeta e o digo o que quero mas choro se gozam comigo fazem qualquer um perder as estribeiras, o seu ódio ao slb é bem notório. No entanto é verdade que faz aqui falta.

Anónimo 22 de março de 2010 às 13:12  

"Vocês é que dizem que o autocarro do Porto e o carro do Pinto da Costa foi apedrejado por benfiquistas porque foi em Lisboa"

Claro que não. Os benfiquistas são lá capazes disso... Só tenho pena das que não vos acertarem no jogo do Dragão

Bernardo S. 22 de março de 2010 às 14:35  

Gostava que o Cristiano viesse falar da grande claque do FCP pois lembro-me perfeitamente de ter criticado e muito as claques do SLB. Pois nesta festa viu-se a qualidade do Porto dentro e fora de campo.

Também digo que não se pode esperar muito da claque do FCP quando tem como capitão um selvagem daqueles, deu pena vê-lo a tentar agredir tudo e todos e a ser respondido apenas com golos e sorrisos muito, mas muito superiores, de jogadores que estão noutro patamar. Até Kardec, um puto nestas andanças, se deu ao luxo de desprezar esse "colosso" do FCP. Realmente o Porto anda de cabeça perdida, mas este Bruno Alves nunca teve a cabeça no sitio.

Jseualdo, depois de ter dito que o jogo em Londres foi dividido, teve mais uma excelente análise ao dizer que este jogo foi equilibrado...Gosto de ver o desnorte total do Porto.

Mac 22 de março de 2010 às 15:02  

Incrível!

Começei a escrever neste blogue porque achei que valia a pena.
Escrevi 4 comentários neste post, que aboradavam umas verdades que não agradaram ao criador do post.Resultado: foram removidos!
Palhaçada!
Não insultei ninguem apenas expressei a minha opinião.

João 22 de março de 2010 às 15:23  

Há comentários do nº10, meus e do bruno Mega que também se foram, sem qualquer teor asneirento, nada do que aparece para aqui. Lamentável!

Manú 22 de março de 2010 às 15:29  

Mac claro que vale a pena, de certeza que ha aqui algum equivoco pois nunca aconteceu algo do genero.
As opinioes construtivas, maduras e expostas com nivel e educação sao sempre bem recebidas.

O Cristiano está fora do país em representação do Settore, pelo que algum problema tecnico que se tenha passado com os teus comentarios nao foi propositado.

Nao deixes de comentar que aqui os debates sempre foram e continuarão a ser interessantes.

paulinho cascavel 22 de março de 2010 às 16:22  

os meus também foram eliminados, também não percebi porquê (apesar de dizerem algumas coisas mais cruas). os comentários do mac e do joão tinham muita qualidade e também foram "varridos"...

manú: então mas o cristiano não se foi embora do settore?

Manú 22 de março de 2010 às 16:35  

paulinho cascavel ainda nada está decidido, mas deve ficar o cristiano.

joao e paulinho cascavel, os comentarios que se estao a apagar ninguem os está a censurar. estou aqui ha umas horas a tentar perceber o que se passa, tambem nao está a dar para postar com formatação adequada. amanha tudo deve estar resvolvido. peço desculpa em nome de todos, mas ninguem vos apagou os comentarios isso posso garantir.

LMC 22 de março de 2010 às 16:37  

O Cristiano apagou também o meu comentário.
Enfim, vou repetir o essencial...
Cristiano,
É normal que os lampiões estejam entusiasmados!Porra, a equipa joga bem a bola,farta-se de ganhar, e enchovalhou um rival numa final de uma competição ( que tu tentas desvalorizar, mas o teu clube foi lá jogar para ganhar, e não com os júniores).
Se o Porto jogasse bem, estivesse nos quartos da Uefa,Tivesse ganho a taça da liga, penso que também estarias entusiasmado.
Sou do Sporting, mas compreendo que eles estejam contentes e percebo perfeitamente porquê!Tu também estarias, e se disseres que não és um grande mentiroso.
Também me custa levar com eles, essencialmente porque a grande maioria deles só aparecem quando o Benfica etá bem.Mas pronto, são maneiras de se estar no futebol e temos de respeitar.
Outra coisa, já o Duarte ameaçava muito e passado uns tempos acabou por sair.Sejam mais homenzinhos e passem das palavras à acção, e arranquem de vez.
Obrigado

Manú 22 de março de 2010 às 16:43  

não foi o cristiano a apagar os posts, ninguem os apagou, em breve será esclarecida a situaçao mas nao foi nada propositado garanto.

peço que os comentarios passem a ser apenas de conteudo futebolistico pois os que nao sejam serao apagados (como por exemplo a ultima parte deste comentario do LMC). estamos aqui para falar de futebol e nao para começar e responder a picardias.

LMC 22 de março de 2010 às 16:46  

Peço desculpa então ao Cristiano por ter dito que ele apagou o meu post.

Pedro Veloso 22 de março de 2010 às 17:27  

Sim Luis evita a parte das picardias sff.

Referes aí a ideia de que os benfiquistas só aparecem nas horas boas, mas não acho que isso seja exclusivo nosso. Tu és lagarto e sabes bem "a crise de militância" que grassa em Alvalade ou a redução das assistências no Dragão este ano. Em todos os clubes há adeptos fiéis como nós e os outros que só aparecem nas vitórias.

Anónimo 22 de março de 2010 às 17:45  

Cristiano também acho que a Taça da Liga não serve para nada mas o que dá realmente gozo é vervos desesperados à imagem do vosso arruaceiro capitão que se as coisas funcionassem normalmente não jogaria mais esta época. Mas se dizes que a taça da liga não vale nada, então eu digo por sequência de ideias que a supertaça também não!! Assim retirando ao palmares as taças da Liga e supertaças, ficamos com 60 titulos do Benfica contra 48 do Porto!
Acho que esta é uma distancia considerável não?
Pensa nisso e vê lá se abres os olhos para o que é a realidade:
O Benfica foi, é e será o melhor clube português!

LMC 22 de março de 2010 às 18:29  

Mas quais picardias?
Dizer a verdade é uma picardia?
Desculpa lá, mas é como aquela do "agarrem-me que eu mato!"
Quem lê o vosso blog gosta que as pessoas que o escrevem o façam de boa vontade, e não sob a constante ameaça de saidas abruptas.

Anónimo 22 de março de 2010 às 19:27  

vervos = ver-vos
Burro!!

Mac 22 de março de 2010 às 19:33  

Os meus 4 posts que desapareceram resumem-se no seguinte:
O Benfica, ao contrário do que este post afirma, é o Maior de Portugal!

Luís 22 de março de 2010 às 21:50  

Títulos oficiais do Benfica, toda a verdade:

http://www.youtube.com/watch?v=9rwhyu4EFSI

Alguém 22 de março de 2010 às 22:56  

Uma última palavra de tristeza para o ódio que impera no mundo da bola. Recordo com saudades os tempos em que a rivalidade pura imperava no nosso futebol, quando em pleno estádio da Luz, em noites europeias, gigantescas bandeiras dos nossos adversários percorriam o relvado em apoio sincero ao clube bandeira da nação, e nessa altura essas boas pessoas que viviam o presente, pensavam pela sua cabeça e não alinhavam em discursos demagógicos do clube do regime, demonstrando uma salutar solidariedade por aqueles que mostravam ao mundo que eram os maiores. Ao ver as imagens de violência barata do antes e durante o jogo de ontem só penso que é preciso muita coragem nos tempos que correm para ir a um estádio de futebol. Francamente…

Abutre 23 de março de 2010 às 12:40  

O Burro do administrador continua a retirar os comentários, cujas verdades não lhe interesa ler.

Abelius Xavier 23 de março de 2010 às 18:37  

Eu sou um ganso patol

MAFIOSO 24 de março de 2010 às 23:38  

SILÊNCIO SEPULCRAL!!!!