Los Guaraníes


Apresento-vos hoje aquela que vem sendo, desde alguns anos a esta parte, a 3ª potência do futebol sul-americano a nível de Selecções, o Paraguai.
Embora não tenha um histórico futebolístico tão rico quanto os rivais do Uruguai e Chile (membros originários da CONMEBOL), o Paraguai apresenta-se desde meados dos anos 90 como a equipa que aparece logo a seguir (e por vezes à frente) dos "gigantes" Brasil e Argentina, dos quais se tem vindo a aproximar. Esta convergência foi principalmente visível com a "geração de ouro" paraguaia, que contou com jogadores como Celso Ayala, "Toro" Acuña, o exímio batedor de livres José Luís Chilavert, o ex-SL Benfica Carlos Gamarra, que é também o paraguaio com maior número de internacionalizações (110), o ex-FC Porto (e Sporting CP) Carlos Paredes, Francisco Arce e Jozé Cardozo, que com 25 golos é o melhor artilheiro de sempre desta Selecção. Até hoje, os Guaraníes atingiram 3 vezes os oitavos-de-final do Campeonato do Mundo (1986, 1998, 2002), fase que nunca conseguiram ultrapassar. No seu palmarés contam também com duas vitórias na Copa América (1953 e 1979) medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004 (derrota por 1-0 com a Argentina na final). Ao Paraguai falta ainda um Campeonato doméstico que se equipare aos do Brasil, Argentina e até Uruguai e México. Devido à fraca qualidade da Liga Paraguaia, muitos dos seus melhores jogadores (quase todos) acabam por emigrar para outras Ligas Sul-americanas mais competitivas e os mais dotados acabam mesmo nas melhores Ligas europeias.

Actualmente, o Paraguai é treinado pelo Argentino Gerardo "Tata" Martino, que atingiu o sucesso como treinador de clubes neste país, ao serviço do Club Libertad e Cerro Porteño, tendo conquistado um total de 6 Campeonatos. Como jogador, Tata foi um centrocampista que apenas por 2 vezes conseguiu ser internacional pelo seu país, fazendo grande parte da sua carreira no Newell's Old Boys, clube que tem uma grande tradição de "importar" jogadores paraguaios. O treinador iniciou funções como Seleccionador do Paraguai em Fevereiro de 2007.

Na zona de Qualificação CONMEBOL, o Paraguai teve um desempenho bastante interessante, conseguindo um brilhante 2º lugar, à frente da Argentina de Maradona e apenas suplantado pelo Brasil de Carlos Dunga. Durante esta qualificação, o Paraguai foi a equipa com maior número de vitórias (10V, 3E, 5D), das quais se destacam os triunfos por 2-0 frente ao Brasil e por 1-0 com a Argentina, no Defensores del Chaco.
Para o Mundial da África do Sul, Gerardo Martino já apresentou a sua pré-convocatória de 29 jogadores, que passo agora a analisar, tentando prever os seus 23 eleitos para a competição:

Na baliza, já estão escolhidos os 3 guardiões. Justo Villar (Valladolid) foi o titular indiscutível durante a fase de qualificação e continuará a sê-lo na África do Sul. Bobadilla (Independiente Medellín) foi quase sempre a 2ª escolha e vai também estar presente. O 3º guarda-redes será Diego Barreto (Cerro Porteño), que ultrapassa Lapczyk (Sol de América) e Derlis Gomez (Nacional) nesta corrida.


Para o lado direito do sector defensivo foram convocados o totalista Paulo da Silva (Sunderland) e Carlos Bonet (Olimpia), que também pode actuar do mesmo lado mas no meio-campo. Do lado esquerdo as escolhas de Tata recaíram sobre o veterano capitão Denis Caniza (Club León) e Aureliano Torres (San Lorenzo), jogador de natureza mais ofensiva. Para o eixo, defensivo, Morel Rodríguez (Boca), Júlio Cáceres (Atlético Mineiro) e Dário Verón (Pumas) foram bastante utilizados e estão practicamente certos. Martino terá que optar entre levar estes 7 defesas (apostando no facto de Caniza também poder desempenhar a função de central) ou então levar um de três jogadores: o nosso bem conhecido Antolin Alcaráz (Club Brugge), que passou alguns anos no Beira-Mar, Julio Manzur (Olimpia) e Marcos Cáceres (Racing Avellaneda). Deste três, Manzur é o mais bem colocado para ser convocado. Fora das contas estão já Nuñez (Cerro Porteño), Pedro Benitez (Atlético Mineiro), Elvis Marecos (Guaraní) e o ex-Olhanense Javier Cohene (Sportivo Luqueño).

No meio-campo há cinco jogadores que estão practicamente garantidos, pois são homens da confiança do Seleccionador. Falo de Víctor Cáceres (Libertad), o ex-colega de Costinha - Edgar Barreto (Atalanta), Riveros (Cruz Azul), Enrique Vera (LDU Quito) e Jonathan Santana (Wolfsburgo). A este núcleo duro devem-se juntar Osvaldo Martínez (Monterrey) e Eduardo Ledesma (Lanús). Caso o Seleccionador "emprestado" pela argentina decida levar ou 7 defesas ou apenas 4 avançados, Aquino (Libertad), Estigarribia (Newell's) e Ortigoza (Argentinos Juniors) disputarão a vaga que resta no lote de médios. De fora ficaram já Britez (Cerro Porteño), Salcedo (Colo-Colo), Edgar González (Alianza Lima) e Samudio (Libertad). Julio dos Santos (Cerro Porteño) e o ex-Newcastle Diego Gavilán (Olimpia) foram as ausências mais notadas nas opções de Martino durante a Qualificação.

Já no ataque, o Paraguai possui um leque invejável de opções. A grande baixa é obviamente Salvador Cabañas (Club América), que apesar de ter sido quase sempre opção para o "onze" titular, vai falhar este Mundial, pois em Janeiro último foi baleado na cabeça, encontrando-se ainda em recuperação. Certo estará o seu habitual companheiro de ataque, Nélson Valdez (Borussia Dortmund). Óscar "Tacuara" Cardozo (SL Benfica) foi o suplente mais vezes utilizado durante a Fase de Qualificação e é o principal candidato a ocupar o lugar deixado vazio pelo azarado Cabañas. Além de ter conquistado a Bola de Prata em Portugal (com 26 golos), Tacuara foi também o melhor marcador da edição 2010 da Liga Europa (em igualdade com o peruano Pizarro) e é garantia de golos. Garantia de golos é também o argentino recém-naturalizado paraguaio, Lucas "La Pantera" Barrios (Borussia Dortmund). O companheiro de Nélson Valdez no ataque do B. Dortmund marcou 19 golos na sua primeira época no "Velho Continente" e foi um dos grandes responsáveis pelo regresso do Borussia às competições europeias. Apesar de não ter nenhuma internacionalização, aposto na sua convocatória. O experiente Roque Santa Cruz (Man City) será também certamente convocado e poderá até ser titular em vez de Cardozo. Se Martino levar 5 avançados, como eu penso que fará, Achucarro (Newell's) lutará com Rodolfo Gamarra (Libertad) e Edgar Benítez (Pachuca) por um lugar ao sol. De fora ficaram, além do malogrado Cabañas, Néstor Ayala (Tigre), Zeballos (Cerro Porteño), Dante López (Pumas), Bogado (Colo-Colo) e o experiente Nelson Cuevas (Olimpia).

Na África do Sul, o Paraguai disputará o Grupo F, com a Itália (actual detentora do título), Eslováquia e Nova Zelândia. Apesar de não ser favorito ao primeiro lugar, penso que o Paraguai poderá ter uma palavra a dizer nessa luta. Atenção também à Eslováquia que pode ser uma equipa traiçoeira. Nos oitavos-de-final perspectiva-se um confronto com a Holanda, Dinamarca ou até com os Camarões de Le Guen, onde os Guaraníes vão tentar quebrar o enguiço e pela primeira vez atingir os quartos-de-final de um Mundial. Atenção a este Paraguai!

Os meus 23: Villar, Bobadilla, Diego Barreto; Caniza, Aureliano Torres, Paulo da Silva, Bonet, Morel Rodríguez, Julio Cáceres, Dário Verón, Manzur; Enrique Vera, Riveros, Víctor Cáceres, Edgar Barreto, Jonathan Santana, Osvaldo Martínez, Eduardo Ledesma; Nélson Valdez, Óscar Cardozo, Lucas Barrios, Roque Santa Cruz, Achucarro.

15 Passes de rotura:

Tomás Pipa 13 de maio de 2010 às 10:57  

Grande naipe de avançados, pelo menos 4 tinham lugar na nossa selecção: Valdez,Santa Cruz,Cardozo e Barrios!

A equipa do Paraguai não me seduz muito. Em princípio a Itália do Lippi (e não do Donadoni) não vai dar hipóteses no grupo, depois será a luta pelo 2º lugar entre Eslováquia e Paraguai. Acho que passa a Eslováquia, dizem quem tem um colectivo muito forte à volta do Hamsik.

portuguesesnoestrangeiro 13 de maio de 2010 às 12:51  

Bom dia!
Excelente post, bem escrito e bem ilustrado!

Respondi ás vossas questões sobre o Diogo Andrade, é só irem lá á zona onde comentaram que está la!

Diogo Andrade ainda representa o Farul, dado confirmado no site oficial. Fez cerca de 8 jogos esta época.

Obrigado,
continuação de bom trabalho

http://portuguesesnoestrangeiro.wordpress.com/

Manú 13 de maio de 2010 às 13:28  

joao grande post, uma merecida chamada de atençao para esta semi-potencia do futebol sul-americano.

realmente o leque de avançados de que dispõe é notável.
não percebo como em portugal nao se fazem bons avançados e os que existem nao se aproveitam devidamente!

Tomás Pipa 13 de maio de 2010 às 13:41  

Ontem estive a ver a equipa de Portugal do Euro e Mundial de 03 em sub-17.

M.Veloso,Moutinho (que não jogava), J.Coimbra,Vieirinha,Márcio Sousa, H.Barbosa,João Pedro, Bruno Gama,João Dias, Tiago Gomes, Felgueiras,Manuel Fernandes (só no Mundial) etc..
ganharam na final do Europeu à Espanha de: David Silva,Fábregas e Jurado,Javi García

No Mundial onde Manuel Curto (agora no Estoril foi o melhor marcador) estavam além da selecção espanhola as seguintes selecções:

Brasil, campeã do Mundo, Roncato (a estrela da equipa), Juliano (actualmente no Nacional),João Guilherme (do Marítimo),Ronny (Leiria).Ederson (Lyon) é provavelmente o jogador mais bem sucedido desta selecção

Argentina: Ustari,Garay,Neri Cardozo,Biglia e Gago.

EUA: Adu com 4 golos e apenas 14 anos na altura.

Colômbia: Guarín,Arenas e Zapata

portuguesesnoestrangeiro 13 de maio de 2010 às 14:10  

Muito obrigado pela informação sobre o Diogo Andrade. O site do clube está errado então, pois sendo parente dele, certamente que saberás mais. Sendo assim ele está sem clube neste momento? Gostaria de saber mais algumas informações, o Diogo Andrade tem site oficial? Se quiser falar um pouco sobre o assunto o meu mail é paulo7figo@gmail.com, precisava de lhe perguntar uma dúvida.

Obrigadissimo pela colaboração

João S. Barreto 13 de maio de 2010 às 17:52  

Tomás lembro-me muito bem desse europeu sub-17, onde Jurado era estrela maior de uma grande Espanha. Márcio Sousa também cionhecido como Maradona. Onde andará?

Manú é de facto incrível como é que o Paraguai tem tantos avançados de boa qualidade (execpção feita a Barrios que foi Argentino até há cerca de 15 diaz) e nós o melhor que fazemos a nível de formação é um Hugo Almeida ou um Vaz Té (que aliás agora está sem clube).

LMC 13 de maio de 2010 às 19:51  

Váz Té, fazia jeito ao Sporting!

Sá Pinto 13 de maio de 2010 às 21:11  

Um lifting facial custa, em média, 5 mil euros mas, no caso do Sporting, ficará seguramente acima dos 5 milhões de euros. Mesmo assim há um princípio: para prevenir o adensar das rugas criadas pela temporada que agora termina - e não foram poucas, pois ficará na história como uma das piores épocas de sempre -, a troika do futebol já começou a esquematizar 2010-11. O regresso aos trabalhos deverá ficar aprazado para 14/15 de Junho, parte do estágio será feita no estrangeiro e haverá um torneio quadrangular nos Estados Unidos. Mas é no mercado que estão focadas todas as atenções e aqui começa a ganhar força a contratação de dois craques que façam a diferença - Drenthe é outro nome falado como possível reforço leonino.
O esquerdino foi um dos poucos holandeses que fugiram à razia (Robben, Sneijder, Van Nistelrooy e Huntelaar) que o Real Madrid fez em 2009, mas não terá a mesma sorte no Verão de 2010. E preenche uma série de requisitos desejados: além de ser um jogador acima da média, pode fazer mais do que uma posição (defesa, ala-esquerdo ou médio-centro) e não foge muito às barreiras financeiras estabelecidas pelos responsáveis do clube. Mais: desde 2006-07 que é acompanhado, até pelo grande Europeu de sub-21 que fez nesse ano. A Fiorentina é um dos clubes que já demonstraram interesse por Drenthe, mas, nesta fase, o futuro do jogador (que esteve muito perto de reforçar o rival Benfica em 2008) continua em aberto.
Confirmando-se ou não a possibilidade Drenthe, existe a clara convicção em Alvalade que, para partir em igualdade com os outros candidatos ao título, não basta aumentar o orçamento do futebol. Por um lado, a base será construída por jogadores do actual plantel e alguns reforços que conheçam a realidade do campeonato português - Evaldo e Rodríguez, do Sp. Braga, serão alvo de propostas e também têm interesse em mudar-se mas os arsenalistas prometem não facilitar nas negociações, até pelo que se viu com João Pereira -; por outro, é necessário garantir outras mais-valias que possam fazer a diferença em campo e fora dele, dinamizando a venda de Gameboxes e o próprio merchandising do clube (além de ser prioritário ter um bom arranque na pré-temporada, por forma a enterrar todos os resquícios da última época).
ACADEMIA: Os dirigentes leoninos sabem que, aos olhos do exterior, têm uma das melhores escolas de formação do mundo e, nesse sentido, pretendem jogar com esse trunfo em todas as negociações. O caso do Inter, que terá proposto a troca de Veloso por Quaresma em Janeiro (mas só até final da época), constitui apenas mais um sinal do prestígio reconhecido na Europa, ao ponto do Manchester City ter endereçado um convite a um olheiro do Sporting (Pedro Marques). É com isso e, claro está, com a ajuda do empresário Jorge Mendes, que o Sporting vai tentar contar. Exemplo prático: o milionário Manchester City tem avançados para dar e vender (e, sobretudo, emprestar) e um dos dianteiros nessa posição é Jô, brasileiro de 23 anos que os leões tentaram trazer quando estava no Corinthians e, posteriormente, no CSKA Moscovo. Em paralelo, os ingleses têm reforçado a rede de olheiros, apostando em jovens talentos como Tobias Figueiredo, central leonino de 16 anos. O direito de preferência de Tobias pode valer um ano de cedência de Jô? É uma questão de... negociar.
Apesar da saída de Veloso (e talvez Moutinho), a aposta na formação é para manter e André Santos constitui o primeiro reforço garantido após a boa época em Leiria. Mas, ao contrário de outros anos, será acompanhado com a contratação de elementos mais experientes no futebol nacional e um ou dois valores a preço - e disponibilidade - de saldo dos grandes clubes europeus. Paulo Sérgio vai ter o que Paulo Bento tanto pediu. E assim começará uma nova era em Alvalade.

Sá Pinto 13 de maio de 2010 às 21:16  

O Sporting debateu-se esta época com vários problemas. Uns dizem que tiveram pouco tempo para preparar esta época, outros dizem que a culpa foi do treinador(s), outros mais radicais dizem que a culpa é de toda a gente. Eu pessoalmente acho que isto correu mal porque não fizemos uma equipa capaz de lutar de igual para igual com os nossos rivais. Muito mais que o treinador, a culpa é de uma construção falhada de um plantel. Casos como os de Angulo, Caicedo mostram claramente os erros cometidos. E mais: uma equipa com jogadores medianos não pode aspirar a muito mais do que isto. P.Silva, Pereirinha, Postiga, Grimi, Abel, Yannick, Tonel por muito que custe a muita gente, não são jogadores para o SCP e duvido que todos eles fossem titulares num Braga ou num Guimarães!

Por isso eu afirmo, que o problema do SCP não será o Paulo Sérgio.O problema vai ser o conjunto de jogadores que o SCP vai contratar e/ou manter.

VENDER IMEDIATAMENTE:

Veloso
Moutinho
Yannick
Postiga

DÁ-LOS:

Grimi
Pereirinha
P. Silva

Depois desta razia necessária fica a minha lista de bons reforços, todos eles realistas para o SCP:

Geromel (Guimarães)
Zé Castro (Corunha)
Garet Bale (Tottenham)
Tosic (Man Utd)
Tello (Besiktas)
Pavliuchenko (Tottenham)
Quaresma (Inter)
Manuel Fenandes (Valencia)
Tiago (Juventus)
Giovani dos Santos ( Tottenham)
Danny (Zenit)
Nadir Belhadj (Portsmouth)
Vanden Borre (Portsmouth)
Srna (Shakthar)
Ilsinho (Shakthar)
Vela (Arsenal)
Fábio (Man Utd)
Hugo (Grêmio)
Arouca (Santos)
Hernanes (São Paulo)
Diego Buonanotte (River)

Tomás Pipa 13 de maio de 2010 às 21:24  

Desculpa lá Sá Pinto, onde foste buscar que o Bale é realista?

Depois, Hernanes no minimo 10M€

Vela,Ilsinho,Buananotte e Tiago no minimo 7M€ cada..

O Danny e Quaresma poderão vir por empréstimo, mas será sempre um empréstimo caro.

Fábio e Tosic acho que é possível por empréstimo e eram sem dúvida reforços

Arouca e Hugo é possível mas já não valem grande coisa.

Vanden Borre e Belhadj eram bons reforços, mas uma vez que jogam numa equipa que vai descer, vão ser 30 cães a um dois ossos, logo...vão pedir bastante de salário!Duvido que o Sporting consiga ter pedalada para a negociação!

Srna,tendo em conta a idade, acho que por 3M€ era possível.

Zé Castro também aí por uns 2€/3€ acho possível.

Geromel por uns 4M€ é possivel também.

Tello é final de contrato n é?

Pavlyuchenko é possível, mas acho que tem propostas de clubes russos que pagam muito bem...

G.dos Santos acho que também já não é o que era.


LMC...por amor de deus! se Vaz Te não joga no Bolton!jogará no SCP? E sempre que o vi jogar não fiquei com apetite! Deve ir parar ao Chipre ou então Naval,Paços..por aí!

João S. Barreto 13 de maio de 2010 às 22:25  

Faço minhas as palavras do Tomás. Mas gostei muito da análise Sá Pinto, o SCP precisa mesmo de reestruturar o seu futebol para competir a sério pelo título, sob o risco de não voltar a ser considerado como um candidato todos os anos. Discordo apenas do Tomás no que toca ao Geromel, penso que será mais caro! o Arsenal parece que também está interessado no Pavlyuschenko. O Vela penso que também só muito dificilmente viria! O Hernanes tenho pena que ainda não tenha vindo para a Europa, prometia muito.

Mac 13 de maio de 2010 às 22:50  

"dinamizando a venda de Gameboxes e o próprio merchandising do clube.."

Vai ser muito complicado, depois sucessivos 2ºs lugares e de ganharem taças não conseguiam fazê-lo bem, quanto mais depois de uma época destas!

O Drenthe ganha muito para o bolso do SCP quer me parecer!

Evaldo e Rodriguez são negócios complicados porque o Braga é cada vez mais um rival directo! Mas nesses até acredito, podem meter uns jogadores para troca, mas não estou a ver bem quais!

No empréstimo do Jô também acredito mas as negociações têm de ser rápidas pois deve haver bastantes interessados e têm de convencer o Man City a pagar parte do ordenado. Mas acredito porque se emprestam o Caicedo também emprestam o Jô!

Não penso que devam vender o Moutinho nesta época, perdeu mercado e desvalorizou-se. Já o Veloso se fizer um bom mundial são capazes de fazer dinheiro com ele para reforçarem o resto do plantel!

O Yannick se tiver mercado é de vender, já o Postiga não tou a ver quem o queira!

Acho que o Pereirinha pode ser útil. Pedro Silva é dispensável realmente. Grimi quanto mais não seja pelo dinheiro que vos custou, não pode nunca ser dispensado. Como não tem mercado(penso eu), é ficar com ele para 2ª opção!

Geromel e Zé Castro são boas opções!

Bale é completamente impossível! Os spurs este ano até vao jogar a Champions! Danny também é completamente impossivel, é dos jogadores mais importantes de um clube que pagou 30M por ele!

Tosic,Dos Santos, Hugo e Arouca não sei até que ponto serão um bons reforços!

Tello nunca voltará ao SCP!

Pavliuchenco se sair é um jogador com bastante mercado, o SCP não tem poder negocial para isso! Impossivel!

Quaresma acredito. Precisa de fazer renascer a carreira e nada melhor que o futebol portugês o único em que se deu realmente bem para o fazer! Não sei se não terão a concorrência do Porto mas se não tiverem é bem capaz de vir para Alvalade!

Manuel Fernandes tem muito potencial acho que o Valencia conta com ele. Acho muito dificil, em ultimo caso um emprestimo mas não me parece!

Tiago deve ficar no Atlético ou então terá uma opurtunidade com o novo treinador da Juve. Se nada disto acontecer até acredito mas tem bastante mercado será sempre um jogador caro!

Belhadj e Vanden Borre concordo com o Tomás!

Srna parece me que custará mais que 3M mas até acredito.Ilsinho não me parece muito caro!

Vela não sei se o querem vender, tem bastante potencial. Fábio o empréstimo é perfeitamente possível e era um bom reforço.

Bounanotte, aquele físico não me convence mas pode ser que pegue. Não é barato mas é possível!

Então e o Deco e Diego Souza não acreditas?

Tomás Pipa 14 de maio de 2010 às 01:39  

Pa, Deco não quero...já está a pensar na reforma,ganha muito e é mau profissional.

Diego Souza via com bons olhos,mas vai ser caro!

Tosic seria reforço certamente, é um grande jogador,creio que vai ser uma das surpresas este mundial!É um pé esquerdo à antiga, mas não acredito que o Utd o venda.

Tiago e M.Fernandes dependem sempre do técnico do Valência/Juventus, mas nunca são indiscutiveis com ninguém, e nada como o futebol português para dar um novo fôlego. Serão sempre caros é verdade!

Mac, os clubes russos não sei..é um bocado imprevisivel! Por exemplo, diz-se que o Zenith aceitou ouvir as propostas do Sporting e Marítimo em Dezembro!
Eles tanto dão muito por um jogador como depois o despacham. Olha o Izmailov por exemplo,era a estrela do Lokomotiv (na altura de CHampions) e veio supreendentemente para o SCP por uma ninharia.

Digo-vos também, se o Sporting quiser Evaldo e Rodriguez, consegue. Serão caros, mas o Braga vende por causa da idade deles e depois compra uns melhores (como sempre..) e o Sporting é que fica a arder com os velhos para variar!
O Braga nunca teve jogadores inegociáveis!

E dos Santos tem tido uma carreira sempre a descer...Barça,Spurs,Ipswich,Galatasaray...e nunca se impõe em lado nenhum!O Sporting não precisa destes jogadores!

Mac 14 de maio de 2010 às 14:35  

O Rodriguez não é propriamente velho ainda tem 5/6 anos a bom nivel! O Evaldo deve ter 3/4 anos. Depende do dinheiro por que vierem mas sim, principalmente no caso do evaldo, acho que deviam investir num mais jovem!

Pa mas é que o campeonato russo estava parado, o emprestimo era só de 3 ou 4 meses, pa ele rodar porque tinha estado lesionado, para ver se ainda ia á selecção! O Danny não acredito mesmo!

Pedro Veloso 17 de maio de 2010 às 10:55  

No Paraguai desde que o Tacuara jogue tudo bem!;) Mas também estou curioso com o Barrios, de quem me dizem maravilhas e nunca vi jogar. Apesar de considerar a naturalização dele um bocado escandalosa...

Sá excelente análise, mas acho que alguns jogadores que pões aí (já) não estão ao alcance da bolsa leonina, nomeadamente o Bale e o Pavlyuchenko, que se tornaram fundamentais na 2ª metade da época e que também agora têm o aliciante do Tottenham ir à Champions.