Jornada 17

No campeonato dos pequenos, foi uma jornada pouco interessante, onde as três equipas que melhor futebol praticam defrontaram os três clubes ditos grandes, jogos esses que já foram aqui, e bem, analisados.

O destaque desta jornada vai então para a União de Leiria que, ao bater a Olhanense por 2-0 num jogo aberto entre duas equipas que jogam bom futebol, ascendeu ao 5º lugar, colocando-se à frente do Nacional e apenas um ponto do Sporting. O Leiria voltou a jogar com Cássio e Carlão no ataque, apoiados pelo maestro Silas (marcou), fórmula que tem sortido melhor resultado na equipa do Lis. A Europa é cada vez mais uma possibilidade para a equipa de Lito Vidigal.

O Marítimo regressou finalmente às vitórias, depois de vários jogos sem ganhar, ao bater o aflito Leixões em Matosinhos, num jogo polémico, onde o árbitro Paulo Costa expulsou um jogador para cada lado. Destaque para Diakite, contratado ao Belenenses, que marcou o primeiro do Marítimo e acabou por ser expulso no decorrer da segunda parte. O Leixões parece não ser capaz de acabar um jogo com onze jogadores em campo.

O Rio Ave parece estar em fase descendente, ao empatar fora a duas bolas com o Setúbal. Mais um jogo com várias expulsões (3), sendo que a primeira aconteceu logo aos 30 segundos, quando o guarda-redes internacional angolano Carlos fez falta sobre o avançado Keita. De realçar ainda o facto de os 4 golos deste jogo terem sido apontados de bola parada.

O Paços de Ferreira conseguiu importante vitória frente à Académica, conseguindo-se afastar da zona de despromoção, com uma reviravolta nos últimos 5 minutos de jogo.

Noutro jogo de aflitos, a Naval bateu o Belenenses por 1-0, deixando os azuis do restelo cada vez mais próximos da despromoção. Para mim é incrivel o facto de o Belém ter jogado com uma dupla de centrais e um defesa esquerdo que chegaram ao clube nas ultimas semanas, o que, independentemente da qualidade dos mesmos, põe em cheque uma defesa já por si débil. No banco não havia um único avançado digno desse nome, o que demonstra bem a ambição do clube neste momento. Assim não se trabalha...

6 Passes de rotura:

Pedro Veloso 2 de fevereiro de 2010 às 17:47  

Quem eram os jogadores do Belém João? Miguelito, Mustafa e? Eles se calhar ambição até têm, aliás vi recentemente uma entrevista do António Conceição (ex-Toni)em que ele dizia que sem reforços não dava, mas acho é que não têm ponta de $. Podem começar já a estudar o truque deste ano na secretaria...

João S. Barreto 2 de fevereiro de 2010 às 18:25  

O Outro central era o Marcos António que fez dupla com o Gregory no Gil Vicente (aliás eles jogavam com 3 centrais nessa altura). Até penso que os 3 são bons jogadores, mas não se foirma assim uma defesa de um dia para o outro.

Eu acho é que o Belenenses tem investido muito no departamento jurídico o que nbão lhes deixa dinheiro para investir em jogadores lol Aquelas notícias que apareceram sobre a Naval a meio da primeira volta não me parecem coincidência...

Aproveito também para relacionar o último post sobre o Jaime Pacheco com a manutenção do Belenenses na época passada. Segundo ele, tanto o treinador como os jogadores do Belenenses tinham vários meses de ordenados em atraso e foi por essa mesma razão que o Estrela desceu...não deixa de ser estranho. Tenho pena de ver o Belenenses neste estado pois foi um clube que representei em diversas modalidades e do qual fui sócio durante vários anos.

Andre 2 de fevereiro de 2010 às 20:37  

Miguel Veloso parte o nariz a um jogador do Braga.
Bruno Alves marca os pitons no pescoço do Jorge Gonçalves.
Javi agride um jogador do Guimarães.

Quem levou sumarissimo?

Obviamente o jogador do Benfica, como é apanágio dos sumarissimos!

Tomás Pipa 3 de fevereiro de 2010 às 00:24  

Aquele Marcos António (ex FCP) é bem bom!Gosto bastante.

O Mustafa é fraco a meu ver. O Belém em termos classificativos acho que está condenado.

Acho que pode começar a apostar na secretaria. Vit.Setúbal e Naval que se cuidem.

Ando a gostar bastante da U.Leiria,joga mt ao ataque (até deveria jogar mais).Merece o lugar que ocupam!

Pedro Veloso 3 de fevereiro de 2010 às 01:07  

É mesmo isso Tomás, até deveria jogar mais ao ataque! O Lito tem que jogar sempre com a dupla e com o Silas!

Luís 3 de fevereiro de 2010 às 01:17  
Este comentário foi removido pelo autor.