Os Bês e os Ás!

O FC Porto recebeu, no Dragão, o Olhanense, em mais uma jornada da Liga Sagres.
Neste momento resta aos azuis defender a honra e terminar este campeonato com dignidade, mas pelos vistos nem isso se vai ver. É triste, mas é a vida e toca a todos.
Em dia de entrada livre para as mulheres, mais pareciam que elas estavam em campo. Os homens de barba rija estavam vestidos de vermelho e preto, os outros andavam ali esquecidos que as quinas, que simbolizam o título, estavam na camisola deles.
O Olhanense entrou no jogo, como sempre, olhos nos olhos com o adversário e se umas vezes tem valido a pena, outras há em que tem corrido mal. Em Alvalade, depois de estar a vencer por 0-2, acabou por perder 3-2 e em casa conseguiu segurar o nulo frente aos leões; em Olhão não teve argumentos para um FC Porto que ainda queria alguma coisa do campeontato e agora conseguiu mais um empate; aquando da visita do Benfica, não fosse o golo em fora de jogo de Nuno Gomes, teriam ganho os 3 pontos aos encarnados.
O Olhanense já provou que não se encolhe e talvez isso lhe tenha custado alguns pontos, mas espero e acredito que eles se mantenham na Liga Sagres.
Quando ao jogo, o FC Porto apareceu cheio de poupanças, como se estivessemos em tempo disso. Fucile, Rolando e Raul Meireles viram o jogo da bancada, Silvetsre Varela começou o jogo no banco. O Prof. Jesualdo fala de fadiga e eu não entendo porquê. Esta época tem o mesmo número de jogos de épocas anteriores, outros estariam a estranhar estar ainda em quatro competições, mas nós não, nós estamos mais do que habituados.
Pois bem, as escolhas de Jesualdo não cumpriram, estiveram bem longe disso.
Maicon, continuo a dizer, não tem categoria para estar no FC Porto e demonstrou-o bem nos lances dos golos. No primeiro golo está a 3 metros de Djalmir que só teve que empurrar a bola para a baliza e no segundo, em vez de atacar a bola de frente, tentou qualquer coisa como um toque de calcanhar. Comigo já estava na lista de dispensas há muito. Muitos dizem que Pepe, Ricardo Carvalho e Bruno Alves também apareceram toscos, contudo acho que este não chega nem aos calcanhares dos referidos e nem uma das melhores escolas de centrais do mundo vai ser capaz de o tranformar em algo valioso. Prefiro de longe Nuno André Coelho, que estava no banco, mas a politica da casa é que os contratados têm prioridade sobre os ali formados e assim se destroem futuros.
Miguel Lopes, foi outro ponto fraco na defesa e provou que está a quilómetros de Fucile. Não se entendeu com Mariano, foi ultrapassado constantemente por jogadores do Olhanense e a atacar esteve muito mal, com vários cruzamentos para a bancada.
Belluschi, foi dos "substitutos" que esteve menos, até porque está habituado a alguma titularidade. Depois da saída de Tomas Costa, que esteve muito mal, o argentino passou a ser um médio disfarçado de trinco e andou perdido num jogo onde quase ninguém se encontrou. Mandou um bola à trave, de cabeça, e pouco mais se viu do pequeno número 7.
É dificil arranjar pontos positivos numa exibição destas, mas penso que Ruben Micael foi o mais esclarecido no meio campo e tentou organizar jogo. Cristian Rodriguez deu o que tinha e quando assim é eu aplaudo um jogador, sempre. Falcao, fez o costume: marcou, e desta vez ainda desviou a bola para Guarin fazer o 2-2 final.
A arbitragem esteve ao nível do jogo do FC Porto, ou seja, fraca. Um toque normal, como alguns lhe chamam, nas costas de Falcao, na minha terra é penalty; o defesa do Olhanense, tenta cortar a bola dentro da área, mas não lhe toca, toca sim no 28 portista e derruba-o, fazendo-o cair sobre Falcao, esta conjugação de factores, na minha terra, dá em penalty; por fim, Bruno Alves, coloca as duas mãos sobre o avançado do Olhanense e isso, na minha terra, volta a ser penalty. Tanto penalty por ver num só jogo, ninguém entende. Mas atenção, não culpo o árbitro pelo resultado final, primeiro porque já não tenho paciência, segundo porque já nem tenho forças para desculpar esta equipa e terceiro porque achava bem era que o FC Porto perdesse, podia ser que assim ganhassem vergonha, mas também duvido. Mas o Cósmico Machado podia ter estado bem melhor.
Jesualdo continua a provar que o seu tempo naquela casa terminou e o jogo de ontem foi uma prova gritante disso. A equipa está desmotivada e não tem fio de jogo, graças também a tanta alteração e tudo isto é responsabilidade do mister.
Ontem, depois de ver tanta poupança fiquei com alguma dúvidas: Jesualdo poupou jogadores para o jogo com o Arsenal? Jesualdo poupouo jogadores porque estavam realmente cansados? Ou Jesualdo não poupou jogadores, apenas quis dar minutos aos menos utilizados porque o campeonato já foi? Não entendo nada do que ali se passa.
É óbvio que precisa de entrar uma vassoura naquele balneário, só espero é que a limpeza seja a fundo, como tem que ser.
Em semana de competições europeias, espero que o FC Porto e os seus jogadores tenham vergonha na cara e que dignifiquem a camisola que vestem, espero também que leiam as declaraçõesde Henry, jogador do Barcelona, que diz que o "Arsenal é demasiado forte para o FC Porto" e lhe provem que isso não é bem assim.
Esperanças para o que falta, tenho eu poucas, mas gostava de ver alguma dignidade e comportamento de homens.
Uma nota: Domingos Paciência queixou-se de um penalty que ficou por marcar a favor do Braga e com razão, Matheus foi nitidamente empurrado e foi a deslizar pela área do Setubal. Estranho que ninguém tenha visto e que outros apelidem aquele lance de normal. Será um penalty no fim do jogo era demasiado perigoso de marcar? E depois surgem-me um pensamento Zon: se o árbitro poderia ter assinalado penalty?! Podia, mas não era a mesma coisa! Se bem que a mim nada me admira, eu sabia que isto ia terminar assim, só os mais loucos acreditavam que o Braga ia andar na luta até ao fim do campeonato.
Cumprimentos azuis e brancos.

31 Passes de rotura:

Pedro Veloso 7 de março de 2010 às 15:49  

Cris, não há penalty nenhum sobre o Matheus...O Braga só se pode queixar de si próprio, não jogou nada e as melhores chances foram até para o Vitória. É a verdade por mais que o Domingos a mascare.

O Porto não vi.

Abraço

P.S. No Natal vou comprar uma bola para o Hélder Barbosa, levou-me ao desespero de tão fusso que foi ontem!

Bruno_Mega 7 de março de 2010 às 16:19  

Não vi nenhum dos 2 jogos aqui falados (apenas uns minutos de cada jogo nas 2ªs partes), mas pelos resumos e comentários que já vi e li ambas as equipas teoricamente favoritas se podem dar por satisfeitas com o ponto conquistado...

No dragão o Porto viu-se a perder 2-0 aos 15', nada que o olhanense já não tenha feito com outras equipas, mas se noutros casos não conseguiu aguentar, ontem sofreu um golo na última jogada do encontro... deve ter custado!
A mim custou-me... hehe.
Ainda para mais quando é transversal que os azuis fizeram mais um péssimo jogo...

Já em Braga, parece-me unânime que o jogo foi em geral fraco, e até foram do Setúbal as melhores oportunidades... O próprio domingos admitiu que o Braga "deveria ter feito mais".

No campo da arbitragem, confesso que não sei onde foste desencantar tanto penalti, já que nos resumos e crónicas que eu vi e li ninguém os confirma, até pelo contrário...
Isto ainda é futebol e não basket!

Como benfiquista obviamente são resultados que me alegram. Ainda assim espero que a atitude continue forte e hoje entrem com tudo no jogo de logo à noite.
As coisas estão no bom caminho, mas como já o disse várias vezes, temos um calendário bem complicado até ao final, e todos os jogos são finais... Carrega Benfica!

P.S. O golo do Nuno Gomes em olhão não está fora-de-jogo!
Já é um assunto muito falado por nós, mas se tu tens a tua opinião eu também queria voltar a marcar a minha...

José Faria 7 de março de 2010 às 16:30  

O orçamento do FCP para a próxima época deve ser colossal:
na Liga Europa há 5 árbitros por jogo...

Não há penalti nenhum no jogo de ontem do Braga, isto ainda não é basket.
Mas o Domingos é um chorão e um palhaço. Quando marcou um golo em que a bola tinha saído do campo, disse que a culpa era do adversário que não tinha aliviado a bola, e ontem queixa-se daquele lance que não é nada? Chora minguinhos, chora.

Além de que o Braga não jogou nadinha, zero. Se houvesse um vencedor, esse vencedor só podia ser o Setúbal.

João S. Barreto 7 de março de 2010 às 16:53  

Cristiano partilho os teus elogios à Olhanense, à imagem do que foi o seu treinador enquanto jogador de futebol, joga sempre olhos nos olhos com o adversário. Espero que não desçam, jogam bom futebol, arriscam e não merecem voltar à Liga Vitalis. Penso que Castro e Ukra têem lugar no plantel do Porto da próxima época, não como titulares, ms como boas soluções de banco. Já agora um curiosidade que também já coloquei ao Tomás, quem gostarias de ver como treinador do Porto na proxima época?

Anónimo 7 de março de 2010 às 17:12  

http://videos.sapo.pt/51Gd3IwK3KOKfFSd0PJN

Luis Andrade 7 de março de 2010 às 17:41  

Antes de qualquer coisa convém dizer que o Cristiano lembrou e muito bem que o golo do Nuno Gomes em Olhão estava em fora de jogo, muito ou pouco, mas estava!! Vários videos no youtube comprovam isso e o que o anónimo aqui deixou comprova o mesmo. Só não vê quem é Bruno_Mega!!
O FC Porto ontem esteve mal, mais uma vez!! Que este campeonato acabe rápido!! E mais uma vez o Cristiano acertou, existiram os 3 penatis que referiu no post e o Sr. Bruno_Mega, não viu o jogo e pelos vistos também não leu jornais, o resumo deve ter visto na BenficaTv!!
O Braga ontem esteve mal, bem longe do que tem mostrado, mas isso não significa que aquele empurrão sobre o Mateus não seja penalti!! Haja vergonha!! Vençam dentro do campo porque têm capacidade para isso!!

Cristiano Moreira 7 de março de 2010 às 17:43  

João, eu gostaria de ver o André Vilas Boas no FC Porto.

Américo Preto 7 de março de 2010 às 18:05  

O André Villas Boas no Porto? Por amor de Deus. Desde quando é que a fotocópias são melhores que os originais? Eu gostava era de ver o Mourinho no FC Porto, porém já me satisfazia com o Domingos e o Jorge Costa a fazerem parelha e assim ser o FC Porto mais uma vez a inovar em Portugal. Duas cabeças pensam melhor que uma.

LMC 7 de março de 2010 às 18:07  

É um claro penalty,só não foi marcado pelas razões óbvias.
Eu sempre disse que este ano é tudo para o Benfica, uma excepção à hegemonia do FCPorto nos últimos anos ( no que toca às arbitragens ) .

Luis 7 de março de 2010 às 18:49  

Luis Andrade, deixa lá o Bruno_Mega... Tens muito que aprender em termos de futebol com ele...

Não é fora-de-jogo nenhum... no max estaria em linha, mas o vossos olhos cegos não pemitem ver...

Quanto ao resto? Um penalti pra cada lado no dragão... e um absurdo considerar penalti sobre mateus...

O Benfica via e primeiro porque é melhor sobretudo porque tem jogad melhor... se vai ser suficiente?? Veremos... Mas para já ficava bonito admitirem e não virem falar de arbitros com exibições mediocres das vossas equipas...

Mas vocês é k são os experts...

Luis Andrade 7 de março de 2010 às 18:53  

É bom ver que há defensores do Bruno_Mega e da sua cegueira, afinal Hitler também tinha seguidores.

Luis Andrade 7 de março de 2010 às 18:53  

É bom ver que há defensores do Bruno_Mega e da sua cegueira, afinal Hitler também tinha seguidores.

LMC 7 de março de 2010 às 19:58  

Estás maluco?

Bruno_Mega 7 de março de 2010 às 21:18  

És um tal palhaço ó luis andrade!
Que culpa tenho eu que concordem com as minha análises??
Isto é um blog de futebol... em k se discutem opiniões... em k há polémica... em que se dizem coisas certas, coisas erradas...
AGORA! EU NÃO TE CONHEÇO DE LADO NENHUM PARA ME FAZER UM INSULTO QUE É MUITO MAIS DO K GRAVE...
GUARDA AS TUAS PALAVRAS PARA OS TEUS AMIGOS E FAMILIARES QUE EU NÃO TE SOU NADA...
A falta de argumentos leva por vezes ao desepero...

A tua atitude é de tal forma grave que me vou recusar a continuar a gastar o teclado contigo...

Luís Marques 7 de março de 2010 às 22:52  

Nuno Gomes em Olhão:

http://i48.tinypic.com/dey6aw.jpg

Onde é que isto é fora de jogo?

Bruno, não ligues ao Luís sem acento Andrade, não merece nem um segundo de atenção.

Pedro Veloso 7 de março de 2010 às 23:37  

Também gostava de saber onde há fora-de-jogo do Nuno...

LMC não há penalty nenhum do Mateus, por favor...isto é basket agora?

Luis Andrade sabes discutir futebol sem dizer disparates de puto?

LMC 8 de março de 2010 às 00:29  

Veloso,
Se fosse o Aimar a caír irias me perguntar se isto era Rugby...

Pedro Veloso 8 de março de 2010 às 00:33  

lolol provavelmente;) Mas de facto este não foi nada, aliás como se vê pelas análises nos jornais

Alfredo Barbosa 8 de março de 2010 às 00:51  

http://www.youtube.com/watch?v=nWPe_swifSM

Vi, por acaso, neste resumo outro penalti, no jogo do Braga.

Quanto ao Porto, mau de mais para ser verdade. Impressionante como Mariano Gonzalez faz tantos minutos a cada jogo que passa...

Luis Andrade 8 de março de 2010 às 10:04  

Alfredo Barbosa, obrigado por partilhates connosco (mais) um penalty a favor do Braga. Agarrão nitido a Alan!! Penso que se vê bem!! Aguardo pelos comentários dos inteligentes que aqui escrevem!! E quem aos 59 segundos do video aqui deixado pelo Alfredo Barbosa não vê a mão do defesa do setubal a empurrar o Matheus não deve estar bem da visão, só pode!!
Não façam dos outros malucos, como é vosso hábito!! Já chega disso!!
Bruno_Mega peço desculpa se o ofendi, apenas quis dar um exemplo, talvez parvo, de que há sempre seguidores para tudo, mesmo que esse tudo seja uma parvoíce!! Já agora, essa do palhaço não ficou muito bem, eu não o insultei directamente, nem pretendia faze-lo!!
E lembro-me perfeitamente da análise dos jornais a considerar fora de jogo o golo do Nuno Gomes em Olhão!! Vou procurar o link e deixa-lo aqui!
Já agora, o meu nome tem que ter acento porquê?

Luis Andrade 8 de março de 2010 às 10:13  

O Tribunal de O JOGO

O golo que dá o empate ao Benfica é irregular

Num lance que não gera consenso, dois dos três especialistas de O JOGO consideram que o assistente de Artur Soares Dias errou. Só António Rola dá o benefício da dúvida ao árbitro. Opinião unânime existe ao assinalar um erro do árbitro ao não expulsar David Luiz, em lance com Miguel Garcia. De resto, apenas Rosa Santos discorda dos colegas no lance do sururu, pois pensa que mais expulsões deveriam ter ocorrido aquando da escaramuça de que resulta o vermelho a Djalmir e o amarelo a Cardozo.

Momento mais complicado

90'+2'

Nuno Gomes empata a partida. Encontrava-se em posição legal no momento do passe de Luisão?

Jorge Coroado

-

Não. Nuno Gomes encontrava-se em posição irregular, quando Luisão cabeceia a bola. Portanto, o golo é irregular.

Rosa Santos

-

É fora-de-jogo. Nuno Gomes está para lá do último defesa no momento do passe de Luisão. No que toca aos foras-de-jogo, o que conta são as pernas dos jogadores, e Nuno Gomes tem a perna para lá do último defesa.

António Rola

+

Tendo em consideração o critério aplicado pelo árbitro no segundo golo do Olhanense, em que o árbitro assistente, em caso de dúvida, deixou prosseguir, dou-lhe, neste lance, o benefício da dúvida.

Cá fica para todos os que insultam quem quer ver contra eles!! Já sei que estas opiniões só valem quando são a vosso favor, mas deixo-vos a análise do lance do Nuno Gomes em Olhão, que está fora de jogo!! Só António Rola Vermelha não viu, ou melhor, tentou disfarçar!!
Mas os que dizem que está fora de jogo são cegos, portistas e anti-benfiquistas, de certeza!!
Tenham paciência!!

Pedro Veloso 8 de março de 2010 às 10:35  

Luis Andrade, ninguém está a fazer dos outros parvos, mas podemos discordar. Olha nem tinha reparado, no decorrer do jogo, nesse lance do Alan que o Alfredo mostrou, nem o vi analisado nos jornais. Mas nada a dizer, penalty por marcar! Claramente agarrado. Vou dar mais 2 pts ao Braga nos casos da jornada por causa disso. Já o do Matheus continuo a não ver mais que um simples toque, achas que algum árbitro inglês marcaria isso? Isto não é basket, ele deixou-se cair, tal como o Saviola ontem! E sinceramente acho que o Nuno está em linha no lance de Olhão.

É portista, de certeza!! 8 de março de 2010 às 10:35  

Quem lê semanalmente a análise feita por ex-árbitos no chamado Tribunal do OJOGO, não fica indiferente às posições assumidas pelo ex-árbitro António Rola.

Numa conversa entre amigos, fui desafiado a fazer um apanhado das situações onde o António Rola destoava dos restantes, Jorge Coroado e Rosa Santos, especialmente nos jogos onde o Benfica era protagonista.

Baseando-me somente nas arbitragens da 1ªvolta dos jogos do Benfica cheguei a conclusões que já suspeitava. Vamos lá aos números:

- Existiram 34 casos que favoreceram o Benfica.

- Houve unanimidade em 8 desses casos.

- Em 16 casos, vejam bem, 16 casos que favoreceram o Benfica, tanto Jorge Coroado como Rosa Santos concordam com o favorecimento, menos...o António Rola. Só 16 casos.

- 1 único caso em que só Jorge Coroado e António Rola concordam.

- 1 único caso em que só Rosa Santos e António Rola concordam.

- 5 casos em que só o Jorge Coroado concorda.

- 3 casos em que só o Rosa Santos concorda.

- 0 casos em que só o António concorda. Novidade!!!


Ou seja, dos 34 casos totais que favoreceram o Benfica , em 26 houve maioria de opiniões concordantes, havendo somente 8 casos em que um único árbitro avaliou dessa forma .

E dos 26 casos em que houve maioria, em 25 casos esteve o Jorge Coroado, em 25 casos esteve o Rosa Santos e em somente 10 casos esteve o António Rola.

O facciosismo deve toldar-lhe muito a visão. E nós o vimos a arbitrar durante anos por esses campos fora. Como se vê com uma imparcialidade desarmante.

Anónimo 8 de março de 2010 às 11:53  

Cansado disto tamos nós! Quando vão parar de dizer barbaridades e aceitarem o facto de que o Benfica está onde está por mérito próprio!!!!
acabem com essas palhaçadas que este ano o benfica so lá vai porque é levado ao colo etc...
o que me preocupa mais é que o pessoal CORRUPTO do norte é quem tem a moral para dizer tais coisas!
Chega de palhaçadas!!!!!!!

como diz a musica: "A JOGAR ASSIM Á BOLA! TU SERÁS O CAMPEÃO!!! "
MAI NADA

FMB

Bruno_Mega 8 de março de 2010 às 14:08  

Seja qual for a apreciação, temos todos de admitir (espero eu) que esse tribunal do jogo é do mais ridiculo que existe...
Esse homens ainda há uns anos eram do pior que existia em Portugal em termos de arbitragem e agora são bons a analisar??
Só em Portugal...

Anónimo 8 de março de 2010 às 14:18  

bela cronica.

mas penalty sobre o matheus em setubal? nem pensar.

o matheus sente um toque insignificante e resolve deixar-se cair. nicles.

Tomás Pipa 8 de março de 2010 às 16:10  

Bela crónica. Um portista sincero com o momento da sua equipa.

Não gosto mesmo do Jesualdo, é extremamente arrogante e pensa que é de outro campeonato (o que não é verdade), mas é bom lembrar que ano após ano, desfazem-lhe a equipa com as tranferências milionárias de Verão.

LMC 8 de março de 2010 às 19:38  

Veloso,
Por mim podias deixar de fazer a liga da verdade.Já todos percebemos que ela não tem qualquer credibilidade.

paulinho cascavel 8 de março de 2010 às 21:14  

então e a crónica do jogo do glorioso?

Luís Marques 8 de março de 2010 às 22:29  

COMIC RELIEF

http://imgs.sapo.pt//paperleap_capas/2010/02/13/0330_ojogo_4138m_bancas.jpg

Pedro Veloso 8 de março de 2010 às 23:52  

Champal lamento mas vou continuar