Não esquecer: os campeões somos nós!!

O FC Porto recebeu esta noite a estrela do campeonato: o surpreendente Braga e tentava vingar a derrota sofrida no Minho, aquando da 1ª volta. Mas era muito mais que uma vingança que estava em jogo. Em jogo estava um campeonato, pois a derrota significava um fosso do tamanho do fim das aspirações portistas na revalidação do título e o consequente penta.
O Braga deslocou-se à Invicta para tentar vencer e assim assumir a liderança a 2 pontos do Benfica e a 11 do FC Porto.
Uma coisa é certa: ninguém previa o resultado final.
O FC Porto brindou o Braga com uma goleada à antiga. Os arsenalistas que chegaram ao Dragão com 8 golos sofridos em todo o campeonato, regressam a casa com, nada mais, nada menos, que 13 golos sofridos.
Antes de começar a análise ao próprio jogo, gostaria de aplaudir a entrada de toda a equipa do FC Porto com camisolas de apoio a Hulk e a Sapunaru. Foi bonito de se ver e é sempre de salutar a união do grupo. Em segundo lugar, a atitude bonita do madeirense Ruben Micael, que entrou no relvado emocionado, como é natural, com a bandeira da Madeira nas mãos.
Agora o jogo.
O FC Porto entrou forte, confiante, com muita qualidade, a dominar o jogo desde o inicio e a mostrar que não estava ali para fazer de figurante, nem está no campeonato a fazer figura de corpo presente. Os dragões mostraram hoje ao país que estão vivos...e bem vivos!!
Os azuis fizeram do Braga o que nenhuma outra equipa tinha feito durante esta época: fizeram dos minhotos uma equipa banal.
Num jogo com alguns casos, que analisarei mais à frente, mas, a meu ver, sem influência no resultado, que poderá, como sempre nestes casos, ter sido algo exagerado.
Alvaro Pereira e Silvestre Varela parecia que tinham Via Verde e aquele lado esquerdo esteve sempre em altas rotações. Que grande jogo dos dois!
Radamel Falcao, mais uma vez, letal. O colombiano não pára de marcar golos, é já um vicio que ele não consegue controlar e hoje foram mais dois para a sua conta pessoal, que já leva 16.
Ruben Micael, é mesmo o maestro que o FC Porto tanto procurou. Quase não se dá conta, mas ele não pára, é decisivo, sabe o que faz e tem classe, muita classe. A análise que não é minha deixa-vos, de certeza, com uma melhor noção da importância do madeirense neste jogo.
Raul Meireles, abriu o marcador e já mostrou um pouco mais do Meireles que nós conhecemos. Importante.
Fernando, voltou a ser o recuperador de bolas e o equilibrio da equipa. Muito bem.
Fucile, é sempre constante e aprecio-o acima de tudo por isso.
Bruno Alves e Rolando são dois centrais dificeis de ultrapassar, mas as bolas paradas têm que ser trabalhadas e bem.
Mariano, esteve em bom plano, mas no melhor pano cai a nódoa e o argentino isolado, desde o meio campo, atira ao lado. Foi pena.
Helton mostrou-se seguro. Sem culpas no golo, na minha maneira de ver.
O Braga foi surpreendido por um FC Porto poderoso e com vontade de impôr respeito. Sentiu a falta de Vandinho e nem Hugo Viana apareceu no jogo, o médio formado no Sporting ficou no balneário no intervalo. Moisés e Paulão pagaram caras as distrações, tanto com as entradas dos médios, como o irrequieto e infalivel Falcao. Os laterais quase não subiram, Mariano e principalmente Varela não permitiram. O meio campo esteve sempre mais preocupado em destruir jogo ofensivo do Porto, que era muito, do que em construir ataques. Alan, Paulo Cesar e Mossoró quase não tiveram oportunidades de se mostrar.
O FC Porto cedo mostrou ao que vinha e ao minuto e aos 15 minutos, depois de uma boa jogada, Varela serviu Raul Meireles que apareceu bem no coração da área e empurrou para o fundo da baliza de Eduardo. Passados 20 minutos surge o esquecido Alvaro Pereira que, quase do meio campo, enche o pé e fez um grande golo. Um minuto depois Varela volta a entregar de bandeja a bola para o coração da área minhota e eis que surge Radamel Falcao para fazer o 3-0 com que chegou o intervalo. Na primeira parte o Futebol Clube do Porto quase só trabalhou na sua ala esquerda e que bem se trabalha por lá.
Voltou o segundo tempo, num jogo estranho, pois o 3-0 permitia o descanso aos azuis e tirava força aos de vermelho. Contudo o Braga foi crescendo e foi atacando com algum perigo, porém, aos 73 minutos, voltaram a esquecer-se do matador Falcao e isso não pode acontecer, surge o 4-0 após cabeçada de Falcao, que ganhou a Moisés nas alturas. O jogo prosseguia numa toada morna, mais ao jeito dos dragões e com alguns olés no ar, e numa jogada meia confusa a bola acaba por sobrar para Belluschi que, em frente à baliza, remata decidido e faz o 5-0. O Braga e por Alan fez o golo de honra aos 91 minutos, de cabeça, e mostrou mais uma vez que os lances de bola parada têm que ser trabalhados no dia a dia do Olival.
Casos do jogo houve alguns. Os normais num jogo de futebol e três que mereciam outro olhar por parte do árbitro, todos eles depois do resultado estar já em 3-0. O primeiro é um penalty nitido de Raul Meireles sobre Mossoró; o segundo é uma cabeçada de Paulo Cesar a Fucile que tem que lhe valer o cartão vermelho; e por fim, a entrada assassina de Rafael Bastos sobre Belluschi, que foi punida com um amarelo.
O FC Porto, foi um justo vencedor e mostrou que ainda tem uma palavra a dizer neste campeonato. Isto ainda não acabou, vamos com calma.
Não esquecer que os Campeões Nacionais somos nós. Tetra Campeões Nacionais. O Braga esqueceu-se e pagou caro por isso.
Cumprimentos azuis e brancos.

69 Passes de rotura:

papataças 21 de fevereiro de 2010 às 23:36  

gd jogo do porto..erro de domingos ao alterar o 11 habitual! Uma palavra para a fraca qualidade de Olegario..que não é de agora. Faltas por tudo e por nada, amarelos ao desbarato e quando se pedia mais do que amarelo...faltou coragem ou capacidade cognitiva!

Anónimo 21 de fevereiro de 2010 às 23:40  

O penalty aos 8 minutos (ainda 0-0)sobre o Mossoro já não falas. Deves ter começado a ver o jogo só ao minuto 16.

Saudações Benfiquistas.

Anónimo 21 de fevereiro de 2010 às 23:52  

Oh Anónimo:
Haja paciência para vos aturara.
Sois piores que sanguessugas.
Ide mamar na quinta pata do vitelo.

Bruno_Mega 22 de fevereiro de 2010 às 00:00  

Hoje fui o espectador atendo de sofá. Jogava-se as aspirações ao título no dragão.
O Braga entrou melhor, dominou os 1ºs 15'... teve 2 remates muitos perigosos e controlava o jogo.
Um pouco contra a corrente do mesmo o Porto fez o 1-0 e o jogo mudou completamente. O Braga nunca mais foi o mesmo e o Porto com mérito, mas também alguma sorte faz o 2º e 3º e acabou com o jogo.
Domingos paciência ao contrário do que dizes no texto respeitou o adversário e por isso tirou meyong da equipa... pagou por isso!

No campo da arbitragem, houve casos, como sempre, mas ao contrário do que já se disse em muitas alturas contra o meu clube, quem ganha por 5-1 não merece sequer discussão. Não foi decididamente pelo arbitro que o Porto ganhou. As minha avaliações vão sempre por aí...

Apesar de benfiquista assumido, no fundo estamos perante um cenário que já defendia há algum tempo.
Faltam 30 pontos... muita água ainda vai rolar...

Quem quiser ganhar este título vai ter de pedalar!

P.S. Sinto-me muito bem quando a cada golo... a cada vitória... se canta repetidamente no dragão "e quem não salta é lampião" e "em cada lampião... há um cabrão"
Somos grandes... hehe

Anónimo 22 de fevereiro de 2010 às 00:03  

Oh Bruno_Mega:

GRANDES QUÊ????????

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 00:12  

obviamente sem contestar a vitória do porto por numeros mais que esclarecedores, noto com relutancia que os casos desta goleada ja nao influenciam o resultado. ja quando é o benfica a golear so goleamos porque fomos ajudados etc.

agora estou eu deste lado e, repito, nao contesto de forma alguma o resultado porque o porto foi claramente superior e mostrou que está em claro cresncendo. foi muito melhor que o braga e concretizou a maior parte das oportunidades que teve tal como o benfica fez quando goleou. este jogo é um bom exemplo para voces, portistas (e nao so) que escrutinam até à medula as goleadas do benfica este ano, pensarem que o que têm andado a fazer é uma perfeita injustiça e mau perder.
imaginem que o penalty que o meireles cometeu quando ja estava 3-0 tinha sido cometido pelo benfica numa goleada de 5-0. ja tinhamos aqui a malta toda a dizer que so ganhamos por tantos golos porque nos faclitaram a vida etc.

volto a dizer que este porto ainda vai dar que falar este ano e se o meu benfica nao mantem o nivel vai sofrer.

Tomás Pipa 22 de fevereiro de 2010 às 00:15  

Há um penalty óbvio como é claro aos 8 minutos sobre o Mossoró.

No entanto o FC Porto jogou bem e foi superior.

Mas Cristiano,o Braga esqueceu-se de que vcs são campeões nacionais? A mim parece-me é que tu te estás é a esquecer que apesar de vocês de terem marcado 5 golos, eles ainda tem 5 pontos de avanço sobre vocês.

paulinho cascavel 22 de fevereiro de 2010 às 00:20  

ri-me tanto a certa altura quando se ouve os super dragões a cantar "em cada lampião" para os do braga responderem "há um cabrão". tantos títulos e tão pouca classe. ridículo o número da solidariedade para com hulk e sapunaru. a diferença entre o nosso futebol e o futebol inglês é gritante. quando cantona agride o adepto (que não é um agente desportivo) é o próprio man utd que o pune 4 meses. aqui o nível é o que se vê. que desgraça de clube.

quanto ao jogo, muito bem o porto. falcao é o melhor ponta de lança da liga, estratosférico o homem. e agora façam o favor de ir perder a alvalade!

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 00:24  

paulinho dizes assim tao certamente que falcao é melhor ponta de lança que cardozo e liedson? acho-os diferentes aos 3, nao se pode comparar.

Tomás Pipa 22 de fevereiro de 2010 às 00:24  

O que eu mais gostei foi uma das claques do FCP entrarem com 5 minutos de atraso com a seguinte faixa:

"Vergonha e Roubalheira"

lololol o FCP!!! Não têm noção??

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 00:24  

e se considerarmos saviola ponta de lança a conversa é outra

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 00:27  

nem merece comentario essa palhaçada dos castigos aos jogadores do porto.
é tudo uma palhaçada isto, aquela conferencia e estas t-shirts de aquecimentos.

nao tem mm noçao que as pessoas sabem o que foram e sao os vossos (e todos) tuneis durantes anos e que HA IMAGENS das agressoes de hulk e sapunaru. e o castigo ao hulk ainda foi reduzido. q ridiculos pa, tenham vergonha na cara.

quando iam em primeiro calmamente nem diziam nada, apenas se riam das ilegalidades que faziam e eram punidas. agora como esta mais dificil ja fazem barulho, ainda por cima ridiculamente sem razao!

José Faria 22 de fevereiro de 2010 às 00:29  

Porque é que os Super Dragões não colocaram aquela faixa em épocas anteriores, ou na década de 90 ou então quando as escutas foram divulgadas?

Pedro Veloso 22 de fevereiro de 2010 às 00:38  

Grande jogo do Porto. Perdi o 1º quarto de hora, em que pelo que leio o jogo até estava equilibrado, mas a partir do golo do Raul Meireles foi o desabar da casa bracarense.

Domínio completo da equipa da casa (natural porque é melhor equipa - quando joga ao seu nível como hoje), sobretudo assente em dois factores: meio-campo fortíssimo (e parece que o Meireles voltou bem e está a entender-se com o Ruben, que de facto fez um jogaço) e, como bem salientaste, uma ala esquerda demolidora.

Três golos na 1a parte, três golos fabricados por esse lado. O Álvaro está fantástico e o Varela mostra aos ex-colegas de Alvalade que, ao contrário de alguns que lá andam, não desaproveitou a escola de Alcochete;) Muito boas assistências.

O Domingos, que tem estado tacticamente muito bem nos últimos jogos, hoje armou-se em treinador de clube pequeno e abdicou do ponta-de-lança. Como quase sempre que alguém faz isso, perdeu. E aquele meio-campo está bastante mal, o Olberdam ainda não se enquadrou e eu até acho que ele joga melhor mais à frente, não é bem trinco.

Acabei o jogo a rezar para que o Falcao não marcasse, mais um e iguala o Cardozo;) Adoro o Óscar mas Falcao está em grande e é um regalo vê-lo jogar.

Finalmente, o melhor de tudo é que chegou o momento por que esperava há 20 jornadas. SLB líder isolado, melhor ataque e melhor defesa da prova. Faltam dez jornadas e tudo pode acontecer, vamos ver como o Braga reage a esta hecatombe, se o Porto mantém este ritmo forte (clássico para a semana em Alvalade...) ou se volta a tropeçar e se o meu Benfica volta a elevar a qualidade de jogo depois de alguns jogos menos conseguidos mas que, excepto Setúbal, não comprometeram.

paulinho cascavel 22 de fevereiro de 2010 às 00:44  

manú:

o liedson continua a ser um grande ponta de lança, mas a idade não perdoa. o cardozo mal o considero jogador de futebol, quanto mais o ponho a competir para o título de melhor ponta de lança da liga.

e sim, se considerarmos o saviola ponta de lança a conversa é outra - apesar de a qualidade dos dois ser semelhante, atendendo ao diferente futebol que praticam.

João S. Barreto 22 de fevereiro de 2010 às 00:45  

A vitória do Porto é incontestável e a frase mais importante a reter deste post é aquela em que o Cristiano diz que o FCP banalizou o Braga, resume todo o jogo. Quanto aos casos, há esses penaltys, quem sabe o que poderia ser o jogo, mas 5-1 é o resultado que fica e mais nada a dizer. Na minha opinião o P.Cesar no lance com o Fucile nao devia ter sido expulso e o arbitro esteve bem. Tem graça que oiço muitas vezes toda a gente dizer bem da arbitragem inglesa e eu por acaso vi este jogo numa transmissao de uma televisa inglesa e os comentadores aplaudiram o criterio do Olegario neste caso e eu concordo com eles.

Quanto às faixas, coreografias e t-shirts, não vale a pena comentar, são pessoas sem noção ou sem vergonha.

Achei também piada à forma como dizes que o FCP não está fora da corrida Cristiano, até aqui só nos posts e comentarios dos membros portistas é que essa ideia foi transmitida. Penso que nessa altura foi unanime a opinião dos restantes membros que a corrida ainda era (e é) a 3.

Pedro Veloso 22 de fevereiro de 2010 às 00:46  

Manú essa discussão é sempre subjectiva, eu por exemplo acho o Saviola o melhor avançado e jogador da Liga mas também um bocado influenciado por ser benfiquista. Agora o que acho é que este ano temos em Portugal um conjunto elevado de avançados de topo, que dá gosto ver jogar e enriquecem a nossa liga. Este ano chegaram craques como Saviola e Falcao e Cardozo mostrou o seu melhor, e isso é muito bom. Liedson é já um habitué e depois também há o Farías que eu adoro.

João S. Barreto 22 de fevereiro de 2010 às 00:48  

Também acho que Domingos esteve mal. Acagaçou-se, modou muito o sistema da equipa e deu-se mal como já era de esperar.

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 00:49  

paulinho, risquei o teu nome da minha lista de benfiquistas que respeito.

o cardozo nao é jogador de futebol? so podes estar a gozar, se calhar é isso! ou entao nao es do benfica.

chego ao ponto de dizer que nao posso admitir que, como benfiquista que tens mostrado ser, nao gostes do cardozo. quanto mais dizer que nao é jogador de futebol.

se por acaso estavas a dizer que nao o consideravas jogador de futebol por ser bom demais, retiro o que disse.

António 22 de fevereiro de 2010 às 00:54  

O Folclore:

http://img704.imageshack.us/img704/1853/cagandaborracheira.jpg

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 00:56  

idem:

http://4.bp.blogspot.com/_gKLag9v3XpY/S4BykILh6pI/AAAAAAAAFgU/2kIGB1FkDLo/s1600-h/crac.png

paulinho cascavel 22 de fevereiro de 2010 às 01:19  

o cardozo para mim não é jogador de futebol. não sabe correr, não sabe passar, não luta, não sabe cabecear como devia para a sua altura, não sabe saltar, não sabe segurar uma bola, não sabe pensar em campo. tem a velocidade de um nocturno de chopin e o ritmo de uma preguiça. e a agilidade de uma tábua de engomar.

a única coisa que o homem tem é um pé esquerdo poderoso, que para mim é manifestamente pouco para o poder considerar um bom jogador de futebol.

é um bom marcador de golos, isso admito. não é um pringle, mas também não é um jardel.

lamento que deixes de me respeitar mas o cardozo é um jogador que nunca me caiu no goto. aliás, basta ver os seus últimos jogos para perceber porquê. é desesperante ver o homem tentar jogar à bola. e é desesperante sentir que cada bola que lhe cai nos pés já está perdida se este bocado de betão não estiver em posição de encostar (excepção feita aos livres e àquele golo em alvalade - que foi um tipo de golo que o homem demorou 3 anos a marcar, visto que isto não é a argentina e aqui joga-se a correr, pelo que não há espaços).

e até te digo mais: o nené (um dos grandes matadores do futebol português) era assobiado regularmente pelo 3º anel por ser mais ou menos o mesmo género do cardozo (em bem melhor, claro).

Pedro Veloso 22 de fevereiro de 2010 às 01:22  

lol também te vou bater Paulinho -figuradamente claro;) Não percebo como podes não gostar do Cardozo, ou melhor podes não apreciar o estilo (eu adoro mas isso aí são gostos), mas dizer que ele não é jogador de futebol não faz sentido. Sobretudo porque ele concretiza o objectivo de jogar futebol, que é o golo. Com todo o respeito, detesto avançados que não o sabem fazer. Por isso é que ele é o melhor ponta-de-lança do nosso clube nos últimos dez anos, desde que o Nuno Gomes foi para Itália e deixou de saber o que é uma baliza. Cardozo tem limitações, como a lentidão, mas tem faro pelo golo, melhorou muito em aspectos menos bons como o jogo de cabeça. E sobretudo tem uma coisa, que é um pé esquerdo extraordinário e um óptimo sentido posicional. Ele marca imensos golos de baliza aberta que metade dos avançados não marcavam...porque não apareciam lá. E eu prefiro um avançado que tenha uma característica de topo e que seja trabalhado nisso, como é o seu pé esquerdo (ou como era o jogo de cabeça do Jardel - atenção que não estou a comparar, Jardel é de outra galáxia na arte do golo) do que ter gajos tipo Postiga que são razoáveis em cada aspecto mas não se destacam em nenhum deles.

Pedro Veloso 22 de fevereiro de 2010 às 01:22  

lol também te vou bater Paulinho -figuradamente claro;) Não percebo como podes não gostar do Cardozo, ou melhor podes não apreciar o estilo (eu adoro mas isso aí são gostos), mas dizer que ele não é jogador de futebol não faz sentido. Sobretudo porque ele concretiza o objectivo de jogar futebol, que é o golo. Com todo o respeito, detesto avançados que não o sabem fazer. Por isso é que ele é o melhor ponta-de-lança do nosso clube nos últimos dez anos, desde que o Nuno Gomes foi para Itália e deixou de saber o que é uma baliza. Cardozo tem limitações, como a lentidão, mas tem faro pelo golo, melhorou muito em aspectos menos bons como o jogo de cabeça. E sobretudo tem uma coisa, que é um pé esquerdo extraordinário e um óptimo sentido posicional. Ele marca imensos golos de baliza aberta que metade dos avançados não marcavam...porque não apareciam lá. E eu prefiro um avançado que tenha uma característica de topo e que seja trabalhado nisso, como é o seu pé esquerdo (ou como era o jogo de cabeça do Jardel - atenção que não estou a comparar, Jardel é de outra galáxia na arte do golo) do que ter gajos tipo Postiga que são razoáveis em cada aspecto mas não se destacam em nenhum deles.

Pedro Veloso 22 de fevereiro de 2010 às 01:27  

Desculpa Paulinho podes dizer tudo menos que ele não sabe passar...faz as melhores aberturas que vejo um ponta-de-lança fazer em Portugal. Tipo para o golo do Di Maria marcar em Vila do Conde ou falhar isolado em Liverpool com o Everton. Ou para o Saviola marcar na Madeira. Fá-lo é, infelizmente, muito menos vezes do que o que poderia porque como é lento raramente ganha espaço suficiente para depois fazer esse passe.

Pedro Veloso 22 de fevereiro de 2010 às 01:29  

E também porque só o consegue fazer quando a bola está do seu lado esquerdo, o direito é bastante cego;(

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 01:30  

paulinho repara que dizes que o cardozo tem falta de muita coisa menos falta do que realmente interessa no futebol: golos!

nao me interessa como ele os marca, ate podia ser de joelho, nariz ou orelha. ele factura com numeros de avançado de topo e dizer que quem faz isso nao é jogador de futebol é criminoso!

Manú 22 de fevereiro de 2010 às 01:32  

e para quem diz que o cardozo nao tem pe direito, relembro o golo dele ao maritimo a epoca passada ou ha duas epocas! grande bomba de pe direito.

ele nao tem é confiança no pé direito, mas nao é cego de todo!

Mr Fire 22 de fevereiro de 2010 às 02:27  

Fui ao dragão, como não me apetece falar do jogo em si destaco 4 momentos a provarem a medicriocidade destes 2 clubes irmãos.

1-Adeptos do Braga ainda antes do jogo começar começam a gritar "e quem não salta é lampião"

2-Adeptos do Porto no inicio do jogo começam a gritar "e quem não salta é lampião", apelo prontamente atendido pelos adeptos do Braga que também começam a saltar

3-Adeptos do Porto gritam "em cada lampião", e os do braga respondem "há um cabrão"

4-Adeptos de ambos os clubes cantaram varias vezes simultaneamente o seu famoso cantico de eleição(dirigido ao nosso Grandioso clube)


Estes 4 momentos valeram a pena o dinheiro do bilhete, primeiro porque foram hilariantes, depois porque só mostram que em Portugal só existe mesmo o BENFICA!!!

Garfield 22 de fevereiro de 2010 às 09:32  

Penalty sobre o Mossoró aos 8 minutos?! Por favor, não digam asneiras!! Mossoró é que agarra o braço do Alvaro, como se vê e bem e como se comentou na tv! Não vamos inventar tanto!
Grande jogo e grande vitória! Espero que o FC Porto expluda de uma vez por todas e arranque para o título!
Parabéns pelo texto e pelo blog!

Vasco 22 de fevereiro de 2010 às 10:32  

Boas,

antes de mais, queria só perguntar, aos portistas que aqui escreveram sobre "solidariedade" para com Hulk e Sapunaru, acham mesmo que devem ser solidários com pessoas que levam o fanatismo e a ressábia ao máximo e agridem outras?
Se acharem, se são solidários, tal como a palavra indica, quer dizer que concordam e que fariam o mesmo naquela situação. Pensem bem antes de escrever uma barbaridade dessas!
A brincadeira de ir o plantel todo fazer-se de vítima...enfim continua o "circo"!

Sobre o jogo concordo que foi um verdadeiro palco de futebol, duas equipas a jogar bom futebol. Como Benfiquista agradeco a parte que me toca, a ajuda portista!

Sobre os cânticos, eles mostram bem quem é grande. Gostava de aqui esclarecer, que mesmo quando o Benfica não jogava este futebol os nossos adversários cantavam estes hinos à nossa dimensão! SOMOS GRANDES!

Por fim, cascavel, o Cardozo é um enorme avançado...

Anónimo 22 de fevereiro de 2010 às 12:03  

Fico muito satisfeito por saber que a solideriedade a Hulk e Sapunaro manifestada publicamente pelo clube e novamente assumida ontem vos incomoda.

Vejo também que parecem não ter a inteligência (ou então imitam bem) para perceber que a revolta do FCPorto não é para a existência de castigo aos agressores (pessoalmente acho que um agressor deve sempre ser punido nestas circunstâncias) mas a dimensão dos castigos (23 jogos no caso do Hulk) e a aplicação incorrecta da lei pela qual supostamente TODOS os clubes se deveriam reger...
Concerteza que se algum dos bloguistas fosse preso por ir a 160Km/h na auto-estrada não gostaria que o tribunal o punisse com pena de 6 a 10 anos por homicídio...

Também fico satisfeito por notar que as mensagens que a claque do Porto mostrou ontem aludindo à ROUBALHEIRA que tem sido esta época em benefício do benfica também vos faz doer a alma. É para verem que deste lado há quem tenha viva voz para fazer saber a todos que estiveram ontem com o rabinho sentado no sofá a ver o jogo que estamos cá também para denunciar o andor que tem sido...

Será concerteza difícil ao FCP recuperar terreno ao slb mas agrada-me sobremaneira os ecos que se vão propagueando ao vosso andor..

PS: sobre o lance do mossoró aos 8 min, os vossos comentários são hilariantes. Até o próprio Mossoró disse logo que não tinha sofrido falta que quis garantir junto do A. Pereira que o facto de ter caído não tinha sido por simulação. O Mossoró é que faz a falta ao agarrar o braço do defesa. Voces até vêm penalties onde os próprios supostos lesados dizem não existir. Curem-se.

Marco 22 de fevereiro de 2010 às 12:12  

Mr Fire são tão mediocres que até chamam adeptos de outros clubes ao nosso estadio... Ainda bem que fos-t ver como se joga futebol... Continua a aparecer pelo Dragão que o futebol portugues agradece eheh

Tomás Pipa 22 de fevereiro de 2010 às 12:21  

Anónimo,estás enganado. O que o Mossoró foi dizer é que não se mandou para o chão. Um jogador só tem que apanhar amarelo quando simula, se cai na área e não é penalty n é sinal de amarelo,um gajo pode-se desiquilibrar e foi isso que ele foi dizer ao árbitro. Achas mesmo que ía dizer: olha sr.árbitro senti um encostão e caí,não me dê amarelo por favor?

Tomás Pipa 22 de fevereiro de 2010 às 12:42  

Deixem-me só que diga que se o S.Varela não for ao mundial para ir o Quaresma ou o Danny eu fico mt chateado.

O Varela neste momento é o melhor jogador do FCP!!

Anónimo 22 de fevereiro de 2010 às 13:23  

Tomás Pipa,

Não me terei feito entender. A ideia que eu quis passar no meu comentário ao lance do Mossoró foi basicamente o que escreveste.

Fiquei com a ideia que o Mossoró não se sentiu lesado no lance mas que por se ter desiquilibrado e caido quis evitar o amarelo. Se calhar se não tivesse reagido e seguido viagem nem teria acontecido nada já que a queda pareceu perfeitamente natural e ele nem protestou.

Anónimo 22 de fevereiro de 2010 às 13:28  

Talvez uma das maiores qualidades do Varela é que é um tipo de jogador que passa ao lado de todas as "quesilias". Está ali para jogar à bola e mais nada. Faz umas exibições mais conseguidas do que outras mas, na minha opinão, tem sido a par de Falcao o MVP da equipa.
Esta 'neutralidade' com que joga dá-lhe ainda uma outra coisa rara no futebol português que é o facto de reunir "alguma" simpatia nos 3 grandes.

André Pinto 22 de fevereiro de 2010 às 14:35  

O Ruben Micael ganha o salário mínimo no FCP?

É que ontem na entrevista pós jogo apresentou-se com a mesma roupa que usou sábado no folclore de choro que foi aquela conferência de todos os jogadores.

Que porco! LOL

Pedro Veloso 22 de fevereiro de 2010 às 14:49  

Anónimo óptimo comentário sobre o Varela, e pela parte que me toca integro-me nesse grupo, também gosto dele. Eu que achava que ele não era jogador para o Porto ou outro grande hoje dou o braço a torcer com todo o prazer.

Luís Marques 22 de fevereiro de 2010 às 16:38  

Neste momento o líder do campeonato é aquele que vem produzindo o futebol mais bonito e atractivo da Liga, e é também o melhor ataque e melhor defesa.

Perante isto, falar em túneis e CD's e não sei mais o que, é ser chorão e patético.

Duarte 22 de fevereiro de 2010 às 21:57  

Se me dão licença começo por responder a alguns comentários dirigidos a mim no último post.

Pedro, claro que ninguém está a salvo de ser apanhado com alcoól no sangue em excesso enquanto conduz. O que se passa é que o senhor Quintela, pelos vistos, apresentava uma taxa de alcolémia que lhe devia ter valido a imediata apreensão da carta. Algo que não aconteceu e este foi a tribunal e lá chegou no seu carro, tendo apenas pago 400€. Ora isto se me acontecesse a mim ou a ti teria um tratamento diferente, suspeito eu, o que me preocupa enquanto cidadão.

De resto, se o RAP deixou o PC ou não, pouco me importa porque concordando mais ou menos com uma ideologia mais estalinista ou mais moderada, há princípios básicos que esse senhor se esqueceu de repente. A porcaria do capitalismo é que lhe dá as mordomias que tem, mas talvez ele esteja disposto a trabalhar o mesmo para ganhar metade.

Ao Paulinho Cascavel e ao João Barreto, mais não faço do que reiterar aquilo que escrevi. E não me venham com a história de que o deslocamento do Estoril x Benfica para o Algarve teve como único objectivo ajudar o Estoril. Nem vocês acreditam nisso, a melhor ajuda que aquele clube podia ter era ficar no primeiro escalão e se o jogo fosse disputado no seu devido lugar, era muito provável que tal acontecesse, até porque se bem se recordam os estorilistas quase ganhavam mesmo no Algarve e tal só não aconteceu porque Hélio Santos se fartou de inventar cantos e penaltys que em duas ocasiões permitiram ao clube da luz chegar ao triunfo final. Isto para além da injusta expulsão do Rui Duarte que nem sequer protestou, vá-se lá saber porquê.

Mais, o jantar do Veiga com delegados e dirigentes da Liga o Sapo é totalmente verdadeiro. Esta notícia saiu em todos os jornais, ainda hoje é confirmada por funcionários do restaurante e nunca foi desmentida por José Veiga ou Luis Filipe Vieira. Um dos presentes, o fiscal de linha Devesa Neto, conhecido pelas suas benesses ao Benfica, viajou com os encarnados até Liverpool mais tarde para assisir ao jogo da champions.

Nesse campeonato podia estar aqui até amanhã a falar-vos nos jogos em que foram levados de empurrão, como com os dois com o Estoril, o jogo em casa com o Belenenses e com o Braga, etc. Falam no pseudo golo do Petit pela enésima vez e eu pela mesma quantidade te peço encarcecidamente que me arranjes uma imagem da bola completamente lá dentro, coisa que até hoje ainda ninguém fez, ao contrário do golo do Clayton que não foi validado e de que quase ninguém fala. Mas eu percebo que falem no lance desse jogo. Serve às mil maravilhas para esconder a vergonha que montaram durante a semana. Incendiaram o ambiente, chamaram-nos tudo e mais alguma coisa, disseram que não nos davam bilhetes depois de terem acordado que nos davam dois mil (e agora ainda choram pelo SCP não vos ter dado os bilhetes combinados e LFV vem dizer que é um homem de palavra - enfim, o homem insiste em fazer rir o país às gargalhadas). No fim, lá acabamos por vos dar um golpe de rins e levamos os tais dois mil bilhetes, mas isso não vos impediu de colocarem os nossos dois mil adeptos num sítio onde cabiam apenas mil pessoas. Pormenores.

Podem dizer o que quiserem, mas aquele campeonato foi abjecto e nunca, mas nunca o Porto ganhou uma liga assim.

Duarte 22 de fevereiro de 2010 às 22:15  

Agora o Porto x Braga. Não vi, mas ouvi o jogo e já vi os melhores momentos. Pareceu-me ser um festival de bola dos campeões nacionais. Tudo conjugado com um momento fantástico durante a semana que foi aquela conferência de imprensa. Somos Porto, é isso mesmo, somos campeões nacionais e o melhor clube deste país. Eu percebo alguns comentários a desdenhar. Claro, nem podia ser de outra forma, mas é isso que nos distingue e fico feliz por ver que deixamos de assistir a tudo impávidos e serenos. São anos e anos de roubos descarados e de faltas de respeito. Ver Hulk ser suspenso 4 meses por agressão quando os pontapés do Luisão, as cotoveladas do Javi e as tesouras do David Luiz dão cartões amarelos ou nem isso, é a prova provada do estado em que isto está, mas talvez os atletas vítimas da violência encarnada não sejam "agentes desportivos", como é o primo de José Veiga, por exemplo. Mas agora chegou o momento do contra ataque.

Tomás, não percebo porque está tão incrédulo. Se há clube que se tem revoltado até ao transe com os árbitros é o Sporting. Tiveram um treinador que disse coisas que eu acho que nem no café com os meus amigos teria coragem para dizer, algumas delas mesmo depois de terem sido beneficiados, como no ano passado com o Porto para a Taça de Portugal. Felizmente para o teu clube, esse mesmo treinador já lá não está, vocês fartaram-se dele e ele de vocês. Caíram no ridículo de armar uma peixeirada pela nomeação de um árbitro só porque teve um atrito com o vosso....... treinador de guarda-redes. O Porto levou com o Bruno Paião em Campo Maior - numa arbitragem que ainda é recordada hoje foi para um amigo meu também sportinguista como "o maior roubo da história" - e não se queixou. Aliás, depois disso ele já arbitrou dezenas de jogos do Porto.

Não me venhas dizer que odeias o Benfica e o Porto. Tu odeias o Porto e ponto final. Tu até podes achar que o teu clube contra nós foi prejudicadíssimo - o que objectivamente nem é verdade, é muito mais ao contrário, mas pronto - agora de certeza que nem tu achas que alguma vez o Sporting perdeu um jogo com o Porto, como perdeu com o Benfica o ano passado para a Taça da Liga. Eu depois disso se fosse sportinguista, acredita que me recusava a falar de arbitragens com um benfiquista, mas tu lá sabes.

Deixo, como nota final, umas declarações de uma pessoa que julgo que todos estimamos. Nada mais nada menos que José Mourinho, treinador do Inter de Milão: "Em Portugal, Lisboa significa poder. O Sporting e o Benfica são de Lisboa, o FC Porto está 300 kms mais a norte, ali é mais difícil vencer. As pessoas do Porto são conhecidas pela sua mentalidade, na qual eu me revejo.

António 22 de fevereiro de 2010 às 22:58  

"
Podem dizer o que quiserem, mas aquele campeonato foi abjecto e nunca, mas nunca o Porto ganhou uma liga assim."

Duarte, aí é que te enganas. Desde que o Pinto da Costa subiu a presidente do FCP, e principalmente em anos em que o próprio foi o presidente da comissão de arbitragem, seguidos de anos em que personagens como Guilherme Aguiar eram os presidentes da Liga, muitos campeonatos foram ganhos por vós de forma vergonhosa.

António 22 de fevereiro de 2010 às 23:02  

Coisas como estas aconteceram aos magotes:

http://videos.sapo.pt/yM6elL2G10LiKvaAPWVH

Tomás Pipa 22 de fevereiro de 2010 às 23:23  

E esse árbitro teve o atrito com o nosso treinador de guarda-redes ou não?É que tu ao escreveres isso parece que estás a ilibar isso.

O maior roubo da história para ti foi no Campomaiorense-FC Porto? Meu caro, estás tão mal habituado.

Tomás Pipa 22 de fevereiro de 2010 às 23:24  

E esse árbitro teve o atrito com o nosso treinador de guarda-redes ou não?É que tu ao escreveres isso parece que estás a ilibar isso.

O maior roubo da história para ti foi no Campomaiorense-FC Porto? Meu caro, estás tão mal habituado.

Tomás Pipa 22 de fevereiro de 2010 às 23:24  

E esse árbitro teve o atrito com o nosso treinador de guarda-redes ou não?É que tu ao escreveres isso parece que estás a ilibar isso.

O maior roubo da história para ti foi no Campomaiorense-FC Porto? Meu caro, estás tão mal habituado.

Luís 22 de fevereiro de 2010 às 23:44  

Hulk suspenso e Varela a jogar, só beneficia é o FCP.

Pedro Veloso 23 de fevereiro de 2010 às 00:01  

"São anos e anos de roubos descarados e de faltas de respeito"

"mas nunca o Porto ganhou uma liga assim"

Nem o Pinto da Costa teria coragem de dizer isto com tanta desfaçatez sem se rir. Só mesmo tu Duarte.

Pedro Veloso 23 de fevereiro de 2010 às 00:06  

"Pedro, claro que ninguém está a salvo de ser apanhado com alcoól no sangue em excesso enquanto conduz. O que se passa é que o senhor Quintela, pelos vistos, apresentava uma taxa de alcolémia que lhe devia ter valido a imediata apreensão da carta. Algo que não aconteceu e este foi a tribunal e lá chegou no seu carro, tendo apenas pago 400€. Ora isto se me acontecesse a mim ou a ti teria um tratamento diferente, suspeito eu, o que me preocupa enquanto cidadão.

De resto, se o RAP deixou o PC ou não, pouco me importa porque concordando mais ou menos com uma ideologia mais estalinista ou mais moderada, há princípios básicos que esse senhor se esqueceu de repente. A porcaria do capitalismo é que lhe dá as mordomias que tem, mas talvez ele esteja disposto a trabalhar o mesmo para ganhar metade."

E...? Continuo sem perceber é o que é tens a ver com os defeitos ou qualidades da vida pessoal destes dois senhores e o que é que isso interessa para o assunto em questão, que são as crónicas deles sobre futebol.

Luís 23 de fevereiro de 2010 às 00:51  

O Hulk não joga à 2 meses (o que perfaz 6 jogos para o campeonato) e ainda consegue liderar a tabela... das perdas de bola...

João S. Barreto 23 de fevereiro de 2010 às 00:51  

Duarte ou não és verdadeiro naquilo que dizes ou então deves muito à inteligência ou vives num mundo diferente de todos nós. Sabes perfeitamente que as provas contra aquilo que dizes post atrás de post estão à disposição de todos, por isso só podes estar a brincar com a nossa inteligência. Quando dizes que o Porto na era Pinto da Costa foi prejudicado não estás a defender o teu clube, estás a ser ignorante. Vergonha e não orgulho é aquilo que devias sentir em relação aos esquemas do teu Presidente.

Garfield 23 de fevereiro de 2010 às 10:05  

Este André Pinto tem mesmo um atraso qualquer!!
Não é por o Varela estar a substituir bem o hulk que o castigo de 23 jogos seja justo!! ta dificil de ver??!

Anónimo 23 de fevereiro de 2010 às 11:23  

Oh Barreto, mas quais provas?!?

Aquelas que foram dizimadas em tribunal? Aquelas que os juizes despacharam o MP com relatos humilhantes de como não praticar direito? Aquelas que especialistas consideraram as deliberações do ricardo costa do CD da Liga como uma aberração jurídica e um atentado às linhas pelas quais se rege um estado de direito? Aquelas que o TAS ridicularizou? São essas as provas?

Eu acho piada a isto...

Uma coisa é o que tu e outros acreditam por crença ou por vontade. Aliás é típico do tuga desculpar a sua incompetência com teorias da conspiração. É tudo menos nossa responsabilidade e, acima de tudo, nós por cá gostamos de ver a competência longe. Faz sentir algumas pessoas mais confortáveis. E isso é giro até para conversa de café e, em alguns casos, para ter jornalistas putridas escreverem livros.

Outra coisa são os factos e as provas e dessas, por mais ficção, demagogia ou ilacções que vocês tirem, sonhem ou imaginem, não se retira nenhum crime. Lamento.

Também acho piada a essa do mundo à parte. Pois, somos nós que vivemos num mundo à parte. É o mesmo mundo que, na Europa, também vos tem humilhado nos último anos. Mas aí, também é obra do Norte. Temos sido nós que vos obrigamos a contratar maus jogadores e maus treinadores? Diz-me lá, nos últimos 20 anos, quantas vezes o benfica teve um plantel que chegasse aos calcanhares do do Porto?
É também nesse mundo à parte que vamos vendo o Javi Garcia, Luisão e D.Luiz agredir ao mote do cotovelo e do pontapé colegas de profissão. Mas isso foi a SportTv que manipulou as imagens, claro! Na benfica tv não passou nada disso, pois não?

Curem-se! Joguem à bola e deixem de ser criminosos nos túneis. A vossa sorte é terem os olarápios a dar uma vaquinha. Ou achas que num qualquer vosso jogo da liga europa o luisão levava só um amarelinho por pontapear um jogador? Lembras-te do Binya e o que ele fez num jogo europeu pelo benfica? Quantos jogos apanhou? Meia dúzia, não foi? Se fosse por cá, o teu amigo costa punia-o com meio jogo e uma multa de 750€. Ou a agressão ao árbitro assistente no slb-fcp? Quantos joguinhos apanhava o slb se fosse num qualquer jogo da UEFA? Mas isto sou eu a sonhar... só se passou no meu mundo.

Duarte, 5 estrelas à posta! Aguenta-te, que esta malta precisa que lhes avivem a memória e chapem com a verdade de vez em quando.

PS: Excelentes as tarjas da claque do Porto no jogo de Domingo. Quero mais, e de preferência em todos os jogos!

Jorge Maia 23 de fevereiro de 2010 às 12:00  

É verdade que só se conseguia ver em alta-definição, num daqueles "elecêdês" gigantescos que custam tanto como uma casa, mas houve alguns privilegiados que conseguiram testemunhar a aparição: por cima da cabeça de Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar da Liga, a poucos centímetros do cabelo impecavelmente penteado, pairava uma auréola luminosa durante a conferência de Imprensa em que anunciou os castigos aplicados a Hulk e Sapunaru. Menos perceptíveis eram as asas, mas há quem garanta que estavam lá, esmagadas pelo fato e os mais atentos asseguram que até estremeceram quando, pio, disse que a moldura penal não era razoável, por ser muito pesada e excessiva. Coitadinho: ele não queria suspender os jogadores por tanto tempo, mas teve de ser. Claro que teve de ser porque ele quis considerar os "stewards" intervenientes no jogo, apesar de inúmeros especialistas considerarem o contrário. Ora, sendo a lei ambígua, bastava que tivesse optado por um enquadramento diferente para não ter de ficar tão contrariado por aplicar penas tão claramente injustas, excessivas e desproporcionais. Claro que depois não podia fazer beicinho em directo. E não sei se era capaz de passar sem isso...

André Pinto 23 de fevereiro de 2010 às 13:20  

O Miguel Sousa Tavares simplesmente,no que pelo menos ao futebol diz respeito, tem a coluna vertebral aos "s", que vai opinando como lhe dá mais jeito, chamo eu a isso falta de carácter.

-Ainda ontem o ouvi dizer isto a Sócrates "Aceito que é ilegal a publicação das escutas,mas Sr.1º ministro,se elas existem,nós ouvimos,e não podemos fingir que não ouvimos,temos de ficar preocupados e escandalizados...e as pessoas não podem confiar..."

Diz isto sobre escutas na política...alguém se lembra do que ele disse sobre as escutas envolvendo o clube dele? Falta de carácter.

George Weah 23 de fevereiro de 2010 às 13:30  

Fui provocado,reagi como qualquer bom chefe de família.

João S. Barreto 23 de fevereiro de 2010 às 14:02  

Anónimo, primeiro que tudo identifica-te se não te impoprtares, que é para nós sabermos quem é que diz tantas barbaridades.

Parece que também tu vives num mundo à parte, talvez no mesmo que o Duarte. Ainda não reparas-te que a Justiça Portuguesa está podre? E isso extende-se da política até aos outros sectores da Sociedade, futebol incluido. As provas tu sabes quais são, estão no youtube e são clarinhas como água, se não queres ver, continuas na ignorância ou a enganar-te a ti próprio.

Para mim é óbvio e já o disse que o Porto tem constantemente nmelhores plantéis (a léguas) do que o Benfica e Sporting juntos. Mas também já foi aqui dito por várias pessoas no Blog e torna-se cansativo repetir que esses plantéis foram financiados sucessivamente com dinheiro que vem de campeonatos ganhos de forma suja e que vos permite serem o clube português mais competitivo na Europa, é óbvio que são!

Quanto ao "joguem à bola" é isso que temos feito e pelos vistos muito melhor que vocês, independentemente daquilo que acontecer daqui em diante, vamos 6 pontos à frente.

A propósito de castigos, lembro-me muito bem do castigo ao Bynia depois do jogo em Glasgow, foi justo sem dúvida e se não acontecesse igual em Portugal seria errado! Mas quem és tu ou qualquer portista +para falar em castigos e sumaríssimos quando tens uma escuta online em que o teu presidentezeco encomenda um sumaríssimo para o Liedson ao Major Valentim!? Tens de ter alguma coerência...

Dizes que o tuga gosta de desculpar a incompetência com teorias da conspiração. Concordo! É isso que tenho assistido em 80% dos posts e comments de apoiantes do FCP! Isto inclui-te a ti também.

Luís 23 de fevereiro de 2010 às 22:31  

Ver o FCP a fazer manifestações/vigílias pela verdade desportiva, é como ver o Bin Laden a fazer o mesmo pela Paz Mundial...

Duarte 23 de fevereiro de 2010 às 22:37  

Muito obrigado anónimo.

Luís, eu digo o mesmo em relação a vocês que durante anos se arvoraram em virgens ofendidas e defensores da verdade, quando são beneficiados há anos.

João, vou passar a ver o canal Benfica só e apreender as mensagens imparciais e sinceras que lá são veiculadas só para que tu me consideres um pouco mais inteligente, podes ficar descansado.

João S. Barreto 23 de fevereiro de 2010 às 23:09  

Duarte para que conste nem sequer tenho BenficaTV (mas tenho youtube). Por mim podes ver o que quiseres, sendo que já viste provas de que o teu Presidente é criminoso e não o admites é-me igual que vejas a CNN ou o Canal Panda, já que tens tanta dificuldade em ver aquilo que está à frente dos teus olhos.

Luís Marques 24 de fevereiro de 2010 às 00:46  

http://www.maisfutebol.iol.pt/fcporto/benfica-fc-porto-vitorias-maisfutebol-futebol-iol/1141776-1304.html

http://www.youtube.com/watch?v=FpOSTVCahuk

Duarte 24 de fevereiro de 2010 às 13:56  

Tu também nao admites as falcatruas protagonizadas pelo teu presidente, mesmo com as provas aí à mao de semear. O homem escolheu um árbitro a dedo com o Major, numa conversa que nao deixa dúvidas a ninguém sobre o que se passou e continua a passar na liga de clubes.

As provas contra Pinto da Costa, que para ti sao inequívocas, já foram levadas a tribunal e caíram estrondosamente por terra. E nao foi só por aspectos formais como vocês gostam de dizer. Foi porque nao tinham o menor fundamento, nem sequer relaçao causal, porque de facto o PC assumiu que recebeu um árbitro em casa, reconheceu que se fosse hoje nao o faria e no fim o Porto empatou 0-0 e ainda lhe viu ser roubado um penalty. Ao contrário, as provas que por acaso -e digo por acaso sem ironia - se arranjaram do teu presidente nem uma investigaçao séria mereceram. E aquilo tudo aconteceu por uma causalidade, agora imaginem se aquele senhor fosse um pouco mais esmiuçado.

Ao António eu só respondo se ele nao quer que eu lhe fale dos prejuízos do Porto na Luz. Se nao quer quem lhe fale no golo irregular deste ano, no autogolo do Lucho precedido de fora de jogo claro do David Luiz, ou para recuar a tempos mais remotos se ainda se lembra do golo do Clayton nao validado, bem como do penalty claro do Preud'Homme sobre o Zahovic em 96, em mais um jogo arbitrado por Lucílio Baptista que a par do Bruno Paixao serve escandalosamente os interesses do SLB há anos a fio sem que ninguém o faça prestar contas.

Aos magotes sao os benefícios que vocês têm todos os anos. O Mourinho lá sabe porque diz que ser campeao no Porto é mais dificil. Se o meu clube estivesse em Lisboa estávamos na paz dos anjos, como está fora é uma anormalidade. Habituem-se porque um país que se preze é muito mais do que a sua capital.

João S. Barreto 24 de fevereiro de 2010 às 14:49  

O Mourinho diz isso porque gosta de valorizar as suas conquistas Duarte.

Quanto à escuta do LFV fui o primeiro a dizer que merecia maior investigação. No entanto, tenho perfeita noção que a sugestão de árbitros é comum a muitos clubes e jogos, é inevitável.

O mais grave, e já o disse na altura (não só eu), é o sistema instalado que está evidenciado nas escutas do PdC. Remuneração por serviços prestados, é assim que se chama. Ajudas o Porto recebes uma "frutinha" em casa para dormires aconchegadinho. Não há nada que aponte nesse sentido em relação ao Benfica. Se o Porto empatou num jogo foi obra do acaso, os árbitros por enquanto não marcam golos. Isso não quer dizer que o Porto não tenha sido ajudado, se calhar deveria ter perdido esse jogo e conseguiu um empate, não sei sinceramente não me lembro dos jogos em questão.

Duarte 25 de fevereiro de 2010 às 11:55  

Se não te lembras dos jogos só demonstra que te inseres naquela percentagem de 99% de pessoas ignorantes do teu clube que falam sem fazerem a menor ideia do que dizem. O Porto empatou esse jogo e devia ter ganho, pois ficou um penalty por assinalar. Os árbitros podem não marcar golos, mas podem inventar penaltys e aquele não só não inventou como não marcou o que devia ter marcado.

Realmente se os árbitros pudessem marcar golos, Bruno Paixão e Lucílio Baptista já tinham feito pelo Benfica mais do que o Eusébio.

Em relação à fruta, já disse que essa é uma expressão que pode querer dizer mil e uma coisas. Também aí o Porto jogou em casa contra o último classificado e venceu sem nenhum lance polémico. No Benfica quando for feita uma investigação a sério, quero ver se podes invocar os mesmos argumentos a favor do teu clube.

João S. Barreto 26 de fevereiro de 2010 às 00:52  

Para ti os árbitros podem e devem inventar penaltys desde que sejam a favor do Porto. Ignorante não sou que não me lembro desses jogos, és tu que não percebes que o importante aqui não é o resultado do jogo mas a tentativa de manipulação (com sucesso ou não pouco ou nada interessa) por parte do Porto e o sistema de recompensas a árbitros que o teu clube instalou. Se não percebes o significado de "fruta de dormir" não podes chamar ignorante a ninguém...mas também não sou eu que te vou ensinar, já devias ter inteligência suficiente para perceberes as coisas por ti próprio.

Duarte 26 de fevereiro de 2010 às 23:17  

Pois, não interessa nada que não tenhamos sido, ou não, beneficiados, é um pormenorzeco sem importância nenhuma. É como um homem ser acusado de matar outro que vai-se a ver e continua vivo, isso não quer dizer nada porque pode tê-lo morto na mesma.

Árbitros recompensados são os teus amigos Lucílio e outros que tais que roubam como querem, não são suspeitos de nada e continuam a ganhar à grande, fora o extras. E se achas que as escutas do PC são tentativa de manipulação, que dizer das de LFV?

E pelos vistos não sou o único a não entender o significado de fruta para dormir, pelo menos aquele que tu achas que é. Houve alguns juízes que também não o entenderam.

"Para ti os árbitros podem e devem inventar penaltys desde que sejam a favor do Porto."

Eu disse isso por acaso? Não quero que os árbitros inventem, mas também não quero que roubem, como aconteceu naquele jogo com o Beira-Mar. Tu é que estás tão habituado a ganhar com penaltys inventados (simulações do Simão, Aimar, etc, final da taça da liga e Estrela da Amadora também para a taça da liga) que já nem dás conta.

Procura falar das coisas que sabes, porque como a maioria dos benfiquistas, agarras em ideias convenientemente pré-concebidas e depois pões-te a mandar postas de pesacada sem saberes a verdade toda e quando és confrontado com argumentos contra ficas muito chocado e furioso, até porque nem tens resposta à altura.

Anónimo 13 de agosto de 2010 às 03:46  

What words... super, an excellent idea

Anónimo 13 de outubro de 2010 às 19:09  

In it something is. I will know, many thanks for the help in this question.