Encapem a absolvição!

Escondidas em cantos escuros de jornais aparecem as noticias de Pinto da Costa. Agora que as absolvições estão a saltar que nem pipocas quentes. E antes?
Antes entregavam as caras dos jornais de mão beijada ao Presidente do FC Porto. Antes quando ele representou, ainda que por pouco tempo, o fim à hegemonia dos dragões. Algo com que muitos sonham tantas vezes quantas as que dormem.
Assim se vive neste país pequeno.
Os que tiveram a ousadia e o descaramento de condenar um homem sem julgamento, deveriam agora dar a cara aos flashes e pedir desculpa pelo lapso que chegou a ser uma certeza para muitos.
Até aquele maldito francês dobrou a lingua e disse que "o FC Porto não é batoteiro". Foi homem. Embora isto custe a muitos.
Muitos foram juizes e advogados de sofá, muitos sentenciaram longe das provas, mas aqueles que vivem no tribunal e consomem o direito, esses, absolvem Pinto da Costa. Esses, são os que estão qualificados para tal e graças a Deus que juizes de sofá não condenam ninguém.
"Até prova em contrário todo o homem é inocente", é este o Principio em que se baseia a nossa justiça, infelizmente os jornais prescindem disso e preferem condenar aquele que mais se inveja, pois essas condenações vendem (e venderam) como água e hoje em dia o dinheiro está acima, bem acima, de tudo o resto.
Disfrutaram?! Pois bem, agora chegou a nossa vez de disfrutar. Nem que seja nos recantos escondidos de todos os jornais. Aqui, ali e além elas vão aparecendo.
Ele avisou com o prazo exigido. Ele disse que seria absolvido. Ninguém, para além de nós portistas, acreditou. Todos queriam, mais do que acreditavam, o seu fim. A gerência lamenta a desilusão e pedimos desculpa por qualquer mal entendido.
A acção entrou na 1ª instância, onde Pinto da Costa foi considerado inocente. Quem tem o ónus da prova, no caso o Ministério Público, achou que havia matéria para recurso e lá entrou ele na Relação, pois bem, a Relação confirmou o que há muito havia dito o tribunal de Gaia: Pinto da Costa é inocente.
A inocência de um homem nem sempre se prova, mas a sua culpa não pode, de todo, ter duvidas, e a do Presidente do FC Porto tinha muitas.
Quem testemunhou contra ele queria mais condená-lo do que dizer verdade e quando tudo se baseia nas acusações de alguém que da própria vida se duvida, só pode dar nisto.
In dubio pro reo. É assim para Pinto da Costa, para mim que escrevo e para si que lê.

9 Passes de rotura:

Duarte 11 de dezembro de 2009 às 18:55  

Assim não pode ser Cristiano. Com posts destes, eu depois fico sem nada para acrescentar:)

Numero Dez 11 de dezembro de 2009 às 20:44  

Este era um post que o Duarte teria o maior dos gostos em publicar! Há muitas vitorias do F.C.Porto que nem voces próprios acreditam que foram limpas! A inocência de pinto da costa é, e será sempre discutivel! Eu não acredito! Há casos demasiado óbvios para acreditar numa inocência! Mas a justiça não funciona já não é de agora! O desfecho foi o esperado! Sempre acreditei num PC corrupto mas nunca na sua condenação! Conheço o pais onde vivo e sei que a justiça não funciona, e quando funciona é para o lado mais frágil! No entanto toda a astúcia de pinto da costa e o homem inteligente que é dão lhe o "mérito" de sair ileso deste caso! Os meus parabéns a pinto da costa também!

Pedro Veloso 12 de dezembro de 2009 às 02:20  

Ok então o Augusto Duarte foi só receber apoio psicológico e prestar uma visita de cortesia ao presidente de um clube com o qual ia jogar logo a seguir. Uma prática normal e sempre salutar, como se sabe. Mas parabéns ao PC pela absolvição da acusação de, EM CIMA DISSO, ainda ter entregue um envelope de 2500 euros ao árbitro.

Jornalista 12 de dezembro de 2009 às 03:13  

Muita qualidade no texto.
É preciso saber perder e todos os anti-Pinto da Costa perderam!!

Duarte 12 de dezembro de 2009 às 03:18  

Um envelope com 2500 euros? Vende-se por pouco o homem. Mais, o Pinto da Costa que tanta fama tem pelos bons negócios que faz, dessa vez então foi valentemente aldrabado. É que o jogo em questão (Beira-mar x FCP) ficou 0-0, tendo ainda ficado por marcar um penalty a favor dos campeões nacionais. Claro que isto não comentam vocês porque, até ao momento, ainda não arranjaram nenhuma teoria da conspiração que justifique tal resultado.

"Há muitas vitorias do F.C.Porto que nem voces próprios acreditam que foram limpas!"

Quando o Porto foi campeão teve sempre a melhor equipa. Pode-se discutir se jogou melhor ou pior, o que foi sempre indiscutível foi a justiça das vitórias. Número Dez, eu não tenho memória curta, é uma virtude que para vocês benfiquista é um enorme defeito. O mesmo é dizer que me recordo perfeitamente do modo como o Benfica conquistou o último campeonato. Pois é, o director desportivo era apenas e tão só José Veiga e o presidente, Luís Filipe Vieira. Apesar disto, é justo reconhecer que Vieira ao pé de Veiga não passa de um anjinho com auréola e tudo.

Íamos para a segunda divisão, íamos perder não sei quantos títulos na secretaria (para o Benfica, claro), até a vitória na champions nos ia ser retirada. É o que dá sonhar alto em demasia, depois quando se cai no real é, por vezes, um choque tremendo.

Tens razão, Número Dez, este era um post que eu adorava escrever, mas o Cristiano acabou por me roubar a oportunidade. Não há problema, de facto gostava de escrever um post destes, mas não agora. Gostava sim de o ter feito há uns meses, quando os processos começaram a ser arquivados. Esta absolvição de Pinto da Costa é apenas a confirmação daquilo que ficou definido em Abril deste ano, quando o caso do envelope foi arquivado a primeira vez e que só por teimosia de Maria José Morgado e sua "dream team" se alongou definitivamente até ontem.

Manú 12 de dezembro de 2009 às 12:30  

é obvio que nem voces acreditam na inocencia de PC. é a maior vergonha do nosso futebol (o veiga ao lado dele é um anjinho e por isso veio ao benfica para tentar fazer frente - o nosso ultimo campeonato nao foi roubado, pode ter tido pouca qualidade o nosso futebol e podemos dizer que ganhou o melhor dos piores, mas nao houve corrupçao), e voces tentam usar as obvias capacidades de gestao que ele tem para esconder que muita trafulhice fez para o porto estar onde está.

dizes que nao temos teorias da conspiraçao, mas tu é q vais ter q arranjar uma teoria muito boa para explicar a recepçao de um arbitro na vespera de um jogo. aserio digam la, acham mesmo isso normal? nao brinquem comigo... e depois tentam esconder as coisas a dizer q foi so para o jogo seguinte...gamar num jogo n deve ser facil e secalhar diante do beira mar n deu, mas deu em muitos muitos outros.

é uma tristeza esta mais q esperado absolviçao ter sido consumada. so mostra que é facil ser corrupto neste país. nao digo que nao acredite na justiça, pois nao deve ter sido facil arranjar provas claras e flagrantes. mas nao me lixem, receber um arbitro em vespera de jogo...

ok. ganharam muita coisa, sao a nossa cara na europa actualmente etc, mas isso nao limpa o nojo que aquilo é la po norte. tudo controlado, tudo falso, é uma pena.
e nao digo isto por estarem a ter melhores resultados desportivos que o benfica, porque a vossa ascençao nos ultimos anos tambem foi acompanhada por uma crise de presidentes que o benfica teve antes de vilarinho e agora se esta a recompor e por isso perdemos tambem por demerito proprio.

Al 12 de dezembro de 2009 às 13:47  

Claro que nao foi comprado Manu... o celebre jogo com o Estoril no Algarve, com a oferta de chuteiras ao arbitro, com o aliciamento de José Veiga aos jogadores do Estoril com almoços na semana anterior, a ida á cabine do arbitro no intervalo, a expulsão do lateral direito aos 11(!!!) minutos por acumulação, as 27 faltas assinaladas só à entrada da área, e nos outros jogos seguintes, com quantos penaltis e livres junto à área, ganhou o Benfica jogos ?

Tu provavelmente nao eras vivo, mas ninguém se esquece do que foram os anos 60 e 70, onde os Casa Pia, Cuf, Barreirense e afins prestavam vassalagem ao Benfica e os jogadores facilitavam em todos os jogos.

Não fales do que não sabes. Somos melhores, Somos mais fortes... Somos Porto.

como diria a musica dos filhos do Dragão:

"Ser Portista é uma bênção que não se pode partilhar..."

Manú 12 de dezembro de 2009 às 14:48  
Este comentário foi removido pelo autor.
Bernardo 22 de dezembro de 2009 às 01:15  

Não assino este comentário com medo de represálias sérias da máfia da noite... Mas só quero dizer que apesar de ter sido absolvido de corrupção (notar que em Portugal estão presas 24 pessoas por corrupção atestando assim claramente a inocência de PC) este continua suspenso das funções de presidente do grandioso FCP, mas claro é uma cabala do Salazar como não podia deixar de ser.